BBB 22: Gleici reflete sobre choro de Natália: “solidão da mulher negra”

publicidade

A influenciadora Gleici Damasceno, vencedora do Big Brother Brasil 18, usou seu perfil do Twitter na manhã desta quinta-feira (27), para mostrar toda a sua solidariedade com o ocorrido com Natália, no BBB 22.

Durante a madrugada, Natália teve um surto e quase pediu para desistir do programa após presenciar Lucas trocando beijos com Eslovênia. A situação acabou gerando várias publicações reflexivas sobre a “solidão da mulher negra”.

publicidade

“Muito triste isso que acontece com a Natália, mas o mais triste é que as pessoas vão resumir a mimimi. A solidão da mulher negra é uma realidade e assistir aciona gatilhos terríveis”, disse a ex-BBB.

Pouco antes Gleici compartilhou uma publicação da youtuber Nataly Neri, que também fez uma breve reflexão sobre o estado da sister no reality. “A Natália não tá mal por causa do Lucas. Ela tá chorando porque chegou no ápice da rejeição“, escreveu.

Quem também se posicionou sobre o caso de Natália foi Thelma Assis, vencedora do BBB 20. Através dos stories do Instagram, a médica contou que situações como a da moça são comuns na vida de mulheres negras.

“A gente, como mulher, somos rejeitadas várias vezes, como mulher preta e fora dos padrões, mais ainda. Agora de uns tempos pra cá, que a gente tá tendo a nossa beleza valorizada. Meu cabelo é bonito, sim! Mas antes eu não me sentia assim. Na adolescência. Eu tô vendo muitas meninas falando na internet da solidão da mulher negra. Gente, isso acontece muito!”, disse ela nos stories.

Natália falou mal de Eslovênia

publicidade

Durante a tarde da última quarta-feira (26), Natália já havia deixado claro que não gostava muito do jeito de Eslovênia. Em conversa com Rodrigo, a mineira disse que a paraibana está “forçando” para parecer com Juliette, vencedora da temporada passada.

“Será que eu estou tão errado de estar com esse negócio com a Eslô? Será que o público ama ela? Às vezes eu penso, penso que o público deve estar amando ela, mas eu estou quase batendo de frente, falando o que eu acho e o que não acho e saindo de perto quando ela chega”, questionou o Rodrigo.

publicidade

A designer de unhas então confessou que criou uma certa antipatia pela modelo e mal estava conseguindo aguentar ouvir a voz dela. “É, então, eu estou em um nível de que eu não estou mais aguentando a voz dela”, disparou ela.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“A Juliette é única, não se imita. Ela era uma coisa de sinceridade natural. Não era uma coisa forçada. [Aqui] Você consegue ver que a pessoa está forçando, cara. Eu não aguento! Tem coisa que eu olho para o alto e mordo a língua, porque, senão, eu vou falar: ‘Vai para a casa da p*** que te p****”, disparou a mineira.

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›