BBB 22: Natália decide se isolar após “climão” com Eslovênia

publicidade

Com apenas um dia de programa, o Big Brother Brasil 22 já está pegando fogo entre seus participantes. Nesta manhã de terça-feira (18), Natália Deodato confessou que está pensando em ficar um pouco mais isolada após ter um pequeno atrito com Eslovênia.

Em um bate-papo na cozinha da casa, a modelo abriu o coração para Lucas, que percebeu que ela tinha ficado um pouco mais retraída em meio a uma conversa logo pela manhã com outros participantes.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Eu quero ter esse vínculo com as pessoas pra eu conhecer e me dar a oportunidade de conhecer. Nos grupões, não tem como você se expressar. Não é querer me isolar. Minhas opiniões mudam muito rápido”, revelou a moça.

Natalia continuou dizendo que ainda tem um pouco de medo de entrar em rodas que já estão formadas, mas acabou recebendo apoio do colega de confinamento. Lucas disse que a conversa era sobre estratégias do jogo. “Não quero ter muito radicalismo, [quero] quebrar a bolha. Não pode deixar de ser você“, disse o estudante de medicina.

Na noite anterior Natália causou um climão durante uma confraternização com os brothers, onde ela confessou que não havia se sentido bem-vinda por Eslovênia. “Vou falar na sua cara, porque eu não sou falsa. Fiquei chateada porque achei que você não me queria no quarto“, contou ela.

“Não estou triste. Estou feliz que você entendeu aquilo que eu pensava”, comentou a estudante de Marketing. “É isso. Toca aqui. Não consigo ser falsa. Eu falo na lata”, disse a mineira.

Posicionamento polêmico sobre racismo

publicidade

Vale destacar que Natália já não tem sido bem vista pelos internautas desde que foi anunciada nas primeiras chamadas do BBB 22 por supostamente ser uma apoiadora do presidente Jair Bolsonaro.

A sister acabou gerando ainda mais revolta da web após se posicionar sobre o racismo estrutural. Em uma conversa entre pipoca e camarote, a moça disse que a raça negra foi escravizada pela sua “eficiência”.

publicidade

“Eles pegaram a gente [negros] porque a gente era eficiente. Eu sou preta, realmente tem a história que a gente veio como escravo. Por que? Porque a gente era forte. Por que a gente veio como escravo? Porque a gente era bom no que a gente fazia. Se colocasse uma outra pessoa para fazer aquilo [trabalho escravo], não conseguiria”, disse ela.

Em meio a madrugada agitada do programa, as redes sociais não pararam. “Aquela velha história: tem acesso a informação e escolhe ser burra”, disse um usuário. “Não acho q ela mereça cancelamento ainda, mas claramente ela não tem estudo suficiente sobre o tema pra entender e acaba vivendo num mundinho cor de rosa”, disse outro.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›