Carla Diaz desabafa após câncer e relata fase difícil: “Medo e agonia”

publicidade

Carla Diaz usou as redes sociais para falar sobre um assunto de extrema importância. No mês da Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço, a atriz e ex-BBB relembrou o diagnóstico de câncer de tireoide que recebeu há exatos dois anos.

No Instagram, ela publicou fotos e falou sobre o momento difícil em que descobriu a doença.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Há exatamente 2 anos atrás eu descobria um câncer. Num período de pandemia, onde todos estavam preocupados e confinados dentro de suas casas. Podem imaginar o quão difícil foi, né? Do nada me tornei grupo de risco, tive que ter forças para não só para passar por um câncer e pelo peso que essa doença já acompanha, mas também para me cuidar e fazer o tratamento com eficácia”, desabafou.

Carla Diaz relembra momento difícil

Em outro trecho, explica que procurou um médico por conta de um refluxo e recebeu o diagnóstico precoce, que salvou sua vida. “Era uma sensação horrível, após o jantar parecia que tinha alguém me enforcando e eu não sabia explicar de fato o que estava sentindo. Com a persistência dessa sensação, começamos a investigar”, relembra.

“Marquei exames com a minha ginecologista e jamais imaginava que o que viria pela frente eram infinitas consultas e dias de aflição. Era horrível não saber o que o me aguardava, a incerteza, o medo, a agonia, e a preocupação… Eu me perguntava: ‘será que vou morrer tão nova?’. Afinal, quem espera um câncer aos 29 anos?”, questionou.

Incertezas

Diaz, então, falou sobre as incertezas até o dia em que o câncer na tireoide foi confirmado. “Tendo o diagnóstico, começamos a luta contra a doença. E de novo, diversas consultas e correria até o dia da cirurgia. Agradeço todos os dias por ter passado por médicos incríveis, que foram anjos na minha vida”, continua.

publicidade

“A lembrança mais forte do dia da cirurgia, foi o despertar. No qual, só soube olhar para minha mãe e perguntar se eu estava viva. Sim, viva e curada!!! E com isso, disposta a sempre que possível, alertar: O câncer de tireoide atinge 3% mais as mulheres do que os homens, na faixa entre os 20 e os 65 anos“, alerta.

Ela finalizou deixando um recado. “Como eu sempre digo e continuarei dizendo: diagnóstico precoce e conscientização, salvam vidas! Julho é o mês de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço. E eu não poderia deixar de fazer minha parte dando voz à campanha. Se cuidem”, pediu, encerrando o assunto.

publicidade

Veja a publicação da atriz nas redes sociais:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›