Cauã Reymond causa euforia ao postar foto: “Gatão”

Cauã Reymond
Cauã Reymond (Foto: Reprodução/Instagram)

Cauã Reymond elevou a temperatura nas redes sociais ao compartilhar um clique pra lá de quente. Na foto, o galã aparece sem camisa, exibindo o peitoral definido e a barriga sarada, usando apenas um shorts.

Na legenda, o ator deixou claro que sua boa forma é fruto dos cuidados com a saúde. “Eu tô me cuidando. E você?!”, escreveu ele.

Diante de muita beleza, os elogios foram inevitáveis e rapidamente tomaram conta da publicação de Cauã. Na rede social, a foto do famoso já conta com mais de 220 mil curtidas.

“Gatão”, “Ufaaa!! Tá calor né? Mas não é de hoje que eu me derreto por você”, “Você não é pescoço mais mexeu com a minha cabeça”, “Você é um exemplo de saúde e alto astral, querido! Continue a nos inspirar!”, “E eu quero cuidar de você também”, “Gostoso demais”, foram algumas das reações.

Amor próprio

Os cuidados com o corpo e a saúde de Cauã estão refletindo diretamente na autoestima do ator. Em entrevista à jornalista Soninha Vieira da Quem, ele contou que atualmente está ‘se namorando bastante’.

“Eu ando supersatisfeito comigo, graças a Deus. Acho importante a gente falar que todo esse nosso assunto sobre novos hábitos, novas práticas, tentar mudar a forma como operamos e se questionando, se estamos indo para um lugar saudável nos relacionamentos, comportamentos e como lidamos com ele é, uma forma da gente se namorar. Então estou numa época super boa e ando me namorando bastante.”, disse ele.

Mas parece que nem sempre foi assim. Cauã explica que, durante sua infância, viveu uma fase em que não se sentia feliz, pois sofria bullying e precisou mudar de escola algumas vezes.

“Talvez seja ter uma personalidade, dependendo das situações, extrovertida na escola. Principalmente porque era uma forma de chamar a atenção dos meus pais e talvez isso incomodasse meus amigos, que nesse caso não eram amigos. O meu pai não foi um cara presente na minha infância, então eu era filho de mãe solteira.

Acho que influenciava não ser filho de uma família tradicional, eu tinha uma casa comum. Minha avó foi empregada doméstica. Ao mesmo tempo que a família do meu pai me proporcionava estudos em escolas particulares, na casa da minha mãe tinha uma diferença social que me gerava um pouco de conflito e me colocava numa situação mais fragilizada.”, explicou Cauã Reymond.

Veja mais ›