Cleo Pires expõe relação abusiva e desabafa: “Sofri questionamentos”

publicidade

Prestes a lançar o livro “Todo Mundo Que Amei Já Me Fez Chorar”, a atriz Cleo Pires desabafou sobre relacionamentos abusivos. Em conversa ao jornal O Globo, a famosa disse que muitas vezes fechou os olhos para evitar problemas maiores relacionados a isso.

“Os contos são sobre relações tóxicas que acabam tendo espaço para serem abusivas. Em todos elas [relações], eu me vi ou vi em alguém muito próximo. O livro foi um processo de cura. Mas dolorido também. Porque você acaba revivendo coisas que achava que estavam resolvidas e acaba sofrendo mais um pouco com o que havia sofrido lá atrás”, afirmou.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Ainda no desabafo, a filha de Gloria Pires disse que a pessoa se incomodava até mesmo com a sua forma de falar. 

“Já sofri questionamentos de certas pessoas que estavam incomodadas com a forma como estava falando das coisas da minha vida”, pontuou a filha de Glória Pires.

Preconceito

Na mídia há pelo menos 20 anos, Cleo Pires disse à Quem que, já sofreu muito preconceito por ser filha de artistas famosos. Segundo ela, as pessoas invalidavam seus talentos como atriz e cantora, por causa do sucesso de seus pais.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Sou uma mulher com 20 anos de carreira que sou deslegitimada se engordo, emagreço ou porque sou filha de gente famosa [Fábio Jr. e Gloria Pires]. Não importa o tamanho que você tenha e o que já conquistou. Mesmo antes [de ser famosa] ou no dia a dia, parece que você é sempre inadequada e não merece estar ali. Você cresce com uma síndrome de impostora, como se não soubesse o que está fazendo ou escolhendo. Esse autoquestionamento vai ficando além do saudável. Parece que você não está ali por si mesma, mas porque alguém te colocou só por ser mulher. Isso não mudou”, apontou.

“Em set, é esperado que você esteja sempre bonita, maquiada, de salto, doce e simpática. Se você souber o que quer, você é grossa. São pequenas formas de tentar tirar o seu poder sobre a sua narrativa, e isso é uma deslegitimação feroz”, desabafou.

publicidade

Ainda na conversa, a irmã de Fiuk falou que chegou a se recusar de diversos trabalhos relacionados aos amados.

“Eu diria que sou um tanto auto afirmativa, mas estou melhorando nisso. No começo, eu não queria fazer nada com meus pais porque não queria ser comparada. Queria que o mérito fosse meu. Depois, entendi que não teria jeito. Primeiro, porque amo eles e amo os trabalhos deles. Meus pais são uma forma de inspiração e tenho que ser muito grata porque isso me deu muita oportunidade”, admitiu.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›