Dani Calabresa revela se pretende ser mãe e toma decisão

Prestes a substituir Rafael Portugal no BBB 22, Dani Calabresa conversou com o jornal O Globo, e destacou alguns dos planos para o próximo ano. Ao lado do noivo Richard Newman, a humorista disse que pensa em ser mãe, e congelou os óvulos.

Para começar o assunto, ela relembrou o noivado na Disney. “Foi lindo! O Richard é muito amoroso, parceiro e sensível. A gente começou a namorar em janeiro de 2020 e “casamos” por causa da pandemia, conhecemos a intimidade um do outro trancados”, afirmou.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequência, a loira disse gostar muito de festas. “Ao conhecer o Richard, voltou a vontade de ter uma família. Filhos estão muito no nosso radar. Não sei quando, mas vocês vão perceber, vão ver uma barriga. Estamos sonhando com isso. Congelei meus óvulos em agosto de 2020”, relatou a loira.

Contou tudo

Depois de um casamento polêmico, Dani Calabresa comentou no Altas Horas que, na sua visão de amar, percebe que Richard nasceu para estar ao seu lado. Além disso, ela aproveitou o momento para contar aos fãs a forma que ambos se conheceram.

“Foi numa festa com o pessoal do Dança dos Famosos. O Richard tem um melhor amigo que estava namorando a Regiane Alves [atriz da Globo]. O namorado da Regiane levou o Richard para essa balada. A gente se conheceu numa loucura. Quando é pra ser, Serginho… vai na balada… Foi especial, muito legal. Sabe quando dá medo?”, começou.

Prosseguindo com o assunto, a global revelou não ter sido feliz com Marcelo Adnet. “Eu fui feliz, fui casada, mas quando termina uma relação, é muito difícil você ter esperança de se entregar de novo. Foi muito mágico, a gente se encontrou e deu certo. A pandemia casou a gente. Começamos a namorar em janeiro e em março foi o ‘fica em casa’, achei que a gente ia se matar, mas não, foi melhor. Está muito especial”, apontou ela.

Por fim, a musa destacou que o humorista foi o seu primeiro namorado e que ambos tentaram reatar várias vezes. “Adnet foi o meu primeiro namorado. Eu nunca tinha namorado sério. Eu tinha peguetinhos de meses, nunca tinha namorado um ano ninguém. Eu tinha 25 ou 26. A gente ficou em 2007. Começamos a namorar em 2008 e, em 2014, ele acabou com a minha vida. E aí, em 2015, eu escolhi dar chance. Em 2016, eu espalhei merda até onde não podia mais dentro do meu couro cabeludo, tentando dar chance. Em 2017, separamos”, pontuou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›