Winits pede por empatia após condenação de André Gonçalves

Danielle Winits apareceu reflexiva em seu perfil do Instagram nesta quarta-feira (24), logo após sair o decreto da prisão de seu esposo, o ator André Gonçalves. O artista foi acusado de não estar pagando a pensão de sua filha, fruto do relacionamento com a jornalista Cyntia Benini.

Através dos stories, a loira compartilhou uma imagem onde fala sobre a postura das pessoas na atualidade. “Empatia: um caso de utilidade pública”, diz o texto da foto.

André foi condenado a prisão domiciliar, onde vai ter que usar tornozeleira eletrônica, após atraso na pensão alimentícia. Conforme informações da revista Quem, o artista estaria devendo mais de R$ 350 mil em pensão alimentícia para sua filha Valentina Benini.

Em entrevista concedida à publicação, o advogado do ator, Sylvio Guerra, explicou que André Gonçalves está desempregado desde 2016, mas sempre faz questão de contribuir com algum valor para a filha.

“Ele está desempregado desde 2016. Foi demitido e nos últimos cinco anos os juízes estavam acolhendo nossas ponderações de que, sem emprego, ele não tem como arcar com a pensão integralmente. No entanto, nesse tempo, ele nunca deixou os filhos sem amparo. Toda vez que faz algum trabalho, ele paga algum valor, mas não o integral”, disse Guerra.

Vale destacar que além de Valentina, o ator também é pai Manuela, de 22 anos, fruto do relacionamento com Tereza Seiblitz, e de Pedro Arthur, de 20 anos, com Myrian Rios.

Danielle Winits (Reprodução/Instagram)

Desabafo sobre críticas

Conhecida por seus trabalhos cheios de sensualidade, Danielle Winits relembrou em entrevista para o jornal Extra o seu trabalho na novela Kubanacan. A artista revelou que foi muito julgada na época.

“Eu fui muito julgada. Parecia que eu precisava provar algo o tempo todo. Eu me questionava por que eu não podia ser o que eu queria e fazer o que me desse vontade. Como se botar um peito fosse um crime ou aparecer namorando ou separando. Então, me pus nesse lugar. De uma forma bem inteligente, dei às pessoas o que ela esperavam de mim. Por outro lado, construí uma mulher forte, menos ansiosa e que hoje sabe dizer não”.

A atriz ainda completou relembrando que as pessoas criticaram até o fato dela ter feito dois ensaios sensuais. “Eu digo que os 20 e 30 anos são uma tortura. Meu Deus! É uma ansiedade constante, uma cobrança… E eu sempre fui muito cobrada por tudo, aquilo era uma tormenta. Até por posar nua duas vezes fui criticada: ‘Nossa, mas vai posar de novo?’. Sim! Queria ter fotos lindas para guardar, fiz porque eu me senti bem, bonita, confiante, porque a grana era excelente e artista é operário, sim!”, disse.

MAIS LIDAS

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›