Datena confessa que usou maconha quando era novo

Datena revela que já fumou maconha
Datena revela que já fumou maconha (Reprodução/Band)

O apresentador Datena, de 64 anos de idade, abriu o jogo e contou que já usou drogas. Durante a tradicional passagem de bastão do programa Melhor da Tarde para o Brasil Urgente nesta segunda-feira (13), o âncora afirmou que não conhecia a expressão “tapa na pantera”. A apresentadora contou  que significava para quem faz uso de maconha.

“Eu fumei maconha uma vez, quando ela moleque, fiquei doidão e nunca mais fumei na minha vida. Beber eu bebia demais, eu bebia e ficava mais doido que os meninos que usavam drogas”, revelou Datena.

“Esse negócio de maconha não deu certo, fumei só uma vez quando ela molequinho, me pegou legal”, finalizou.

Se irritou com eleitores de presidente

O apresentador do Brasil Urgente, Datena, acabou se irritando com os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro após manifestação no ultimo 7 de setembro. Na ocasião, os manifestantes chamaram a Band de lixo.

Durante a reportagem feita pelo repórter César Cavalcante, na Avenida Paulista, em São Paulo, os apoiadores acabaram se exaltando e hostilizaram o profissional.

“Pode tirar a imagem! Democracia é democracia, agora ninguém aqui vai aceitar desrespeito ao repórter que tá lá. Nem à imprensa. Ninguém aqui é obrigado a aceitar isso”, disparou Datena.

“A gente não quer confronto, mas a gente não vai permitir que xinguem a imprensa de ‘lixo’. Eu tenho muito orgulho da imprensa da qual participo. E não vou permitir isso aqui”, completou ele.

Por fim, o âncora criticou a produção do programa por ter enviado profissionais ao local mesmo sabendo do risco de agressões:  “Pedi pra não colocar repórter aí desde ontem e eu sugiro que retirem os repórteres daí imediatamente. Pra ficar sendo chamado de ‘lixo’ ou expor o repórter, que pode ser espancado daqui a pouco, é melhor tirar daí. Esse é o clima de ódio gerado pelas eleições que temos que enfrentar”, finalizou.

Revoltou com a produção

Há pouco tempo, Datena durante o Brasil Urgente acabou se irritando com a produção do programa após uma reportagem sobre a variante Delta. A irritação teve inicio após um imprevisto do repórter que iria falar sobre o caso.

“Abre um link para o Fernando David para ele dizer para a gente sobre a variante Delta, que já está em São Paulo para caramba, está provocando lá no Rio de Janeiro. Pois não, Davizinho, direto do Rio de Janeiro, uma das maiores revelações da TV brasileira… que já não está mais lá porque se tivesse já estava falando aí”, iniciou ele.

Em seguida, a produção disse que o repórter acabou se atrasando, e pediu para que o âncora se levantasse de sua tradicional: “Hã? Levantar um pouquinho? Pô, eu fico aqui 3h30. Eu levanto, mas eu fico aqui, pô… Levantar um pouquinho… Fico 3h30 aqui todo dia, tenho 64 anos de idade, que isso? Levantar um pouquinho… É brincadeira isso aí. Não tem repórter para falar da variante Delta lá no Rio de Janeiro, não? Tem? Se não, tem ver o que significa variante Delta, aí”, disparou.

 

Veja mais ›