Datena revela doença grave e valores do tratamento

O apresentador do Brasil Urgente José Luiz Datena, de 64 anos de idade, durante a edição do programa jornalístico desta segunda-feira (26), abriu o jogo e falou ter uma doença grave. Ao entrar no assunto sobre o aumento dos preços nas contas dos brasileiros, Datena revelou que tem diabetes extremamente grave e faz tratamento à base de insulina. O apresentador contou que gasta R$ 2 mil com remédios para monitorar a comorbidade.

O jornalista expôs a sua situação ao falar do caso da mulher que também sofre com a mesma doença e teve que desligar a sua geladeira: “Eu tenho diabetes grave. Grave não, é gravíssimo. Eu gasto perto de 2.000 conto com esses negócio de insulina, aparelho de medir e tal porque eu tenho dinheiro. Senão eu já estava morto. Por que eu morro se eu não toma isso aí e a insulina tem que ser conservada dentro da geladeira porque tem prazo de validade”, falou ele.

“O governo até parou de distribuir insulina pra muita gente durante um tempo. A insulina deles, eles distribuem com uma seringa que é desse tamanho (faz gesto de grande com a mão) de agulha. Eu ainda tomo com a agulhinha pequenininha. Se eu ficar sem tomar insulina, eu morro. Se a insulina estragar, ela perde a validade, ela perde a condição dela. Aí já era, desabafou ele.

Entrada na política

Recentemente o apresentador falou sobre a sua possível entrada na política durante a edição do programa. O jornalista há pouco tempo se filiou ao Partido Social Liberal (PSL) para se candidatar nas eleições de 2022. Durante conversa com a apresentadora Cátia Fonseca na passagem de programa do Melhor da Tarde para o Brasil Urgente, o jornalista falou sobre a sua filiação. Porém, o seu desejo é concorrer ao cargo de senador, e não como presidente, como foi noticiado:

“Não, disseram isso, né? Eu me filiei ao partido, ao PSL, e tem projetos aí do partido. Meu foco continua sendo o Senado, eu sempre disse para todo mundo que o meu foco é o Senado. Mas o Tancredo dizia que política é destino, né?”, disse ele.

“Eu acho que você querer adiantar qualquer coisa agora é precipitado. Estamos no meio de uma pandemia, falar de eleição agora é precipitado. Mas…”, completou a apresentadora.

Catia disse que queria ver Datena na política brasileira: “Sabe o que eu acho? Você sempre defendeu o povo, por isso eu comecei falando isso. Mas é o que eu acho mesmo. E já estou com o ‘pacová’ lá na lua de gente que fala um monte de coisa e depois não faz. Você, o que promete, você cumpre, finalizou ela.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Veja mais ›