Day Mesquita fala da carreira e critica momento atual: “Tudo tão absurdo”

publicidade

Depois de interpretar Maria Madalena em Jesus, e brilhar na novela da Record, Amor Sem Igual, que inclusive está sendo reprisada na emissora, a atriz Day Mesquita, protagonista da trama, vive um ótimo momento pessoal e profissional.

Grávida do primeiro filho, a famosa que está com a carreira consolidada, conversou com o Entretê e, desabafou sobre o sonho ao lado da arte, personagens, e a sua mais recente personagem na televisão.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Entretê- Depois de diversos trabalhos de sucessos. Você acredita viver o seu melhor momento pessoal?

Day Mesquita: Como eu acredito que estamos sempre em busca de crescer a cada dia, creio que hoje é o melhor momento, e pior do que o que está por vir, que será melhor ainda. E, falar de vida profissional eu preciso falar de Amor sem Igual, que foi um grande trabalho na inha vida. Agora também vivo uma fase única, de vida, gestando um bebê.

Entretê- Qual é o seu maior sonho enquanto artista?

Day Mesquita: A gente sabe que viver de arte no Brasil não é nada fácil, é complexo. Como artista, me incluindo no meio, no contexto artístico, o nosso sonho é que o país, o governo, valorize os nossos trabalhos. De forma individual, quero continuar vivendo da minha arte, mostrando as minhas facetas e tendo liberdade para isso. Seguir fazendo o que eu amo fazer. Viver disso desde os 19 anos já é uma grande realização, sou privilegiada. Quero fazer muito cinema, muito teatro, e muitas novelas. 

publicidade

Entretê- Você tem algum personagem favorito?

Day Mesquita: Olha, eu libriana (risos). Mas, acho que personagem é que nem filho, e a gente não consegue escolher. Mas, a Poderosa realmente foi uma personagem muito gostosa de fazer, me trouxe um grande reconhecimento de público, de carreira. Todos foram especiais, mas essa última tem um lugar especial no meu coração.

publicidade

Entretê- A repercussão, na sua opinião, de novelas bíblicas e contemporâneas tem similaridades?

Day Mesquita: Eu acho que depende muito da aceitação do público, e tanto a bíblica que fiz e Amor sem Igual tiveram uma grande repercussão, algo muito bom. Antes de Amor sem Igual eu era chamada de Maria Madalena nas ruas, já agora, ah.. A Poderosa por ali (risos). Agora tem até mais reconhecimento, eu estava no ar a semana inteira, em todos os capítulos, ela também era muito carismática. Algo intenso.

Entretê- Você gosta de personagens que lhe tiram da zona de conforto?

publicidade

Day Mesquita: Sim. E, felizmente eu sempre me surpreendo positivamente com desafios. Eu já fiz algumas vilãs ao longo da minha carreira. Mas, eu tenho vontade sempre de fazer algo a mais. Tenho vontade de fazer mais vilãs sim, são personagens que me tiram da zona de conforto, me fazem ter experiências diferentes.

Entretê- Você já sofreu com falta de autoestima?

Day Mesquita: Eu gosto de me sentir bem, de estar maquiada, mas não me considero tão apegada a isso. Claro que, adoro sair, me sentir bem, mas não é algo que eu me sinto pressionada. Autoestima não é algo que me persegue todos os dias, mas com o tempo eu tenho resinificado isso na minha vida. Cuidar de amor próprio reflete em todas as outras coisas.

Momento da cultura no país

Entretê- Você acredita que o governo atual facilite a vida dos artistas?

Day Mesquita: Com certeza, não. É muito complexo falar de política. Mas eu acho que as eleições vindo aí, temos que pensar além. A gente está em uma situação que dá nervoso. Muita gente passando fome, preços, inflações, tudo tão absurdo. A gente tem que trabalhar e ver tudo o que tem acontecido nos últimos anos. Pensar em uma opção que seja mais maleável.

Entretê- Como foi a descoberta da gravidez?

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Day Mesquita: Eu fiquei dois meses sentindo coisas diferentes no corpo, e sempre achava justificava. Tinha dores de cabeça mas achava algo pra desculpar, tinha cansaço achava que era o trabalho (risos). Mas, depois de um tempo que minha menstruação atrasou, percebi que tinha algo acontecendo diferente. Descobri estava muito grávida, quase três meses.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›