Débora Falabella fala sobre preparação para viver Mel em O Clone

A novela O Clone, um dos maiores sucessos do horário nobre da Globo nos anos 2000, está ganhando mais uma reprise no Vale a Pena Ver de Novo. Entre os destaques da trama está Mel, personagem vivida pela atriz Débora Falabella. A menina tímida, que começa a trama vivendo os desafios da adolescência, se envolve com drogas e sofre as consequências da dependência.

Vinte anos depois das gravações, Débora falou sobre o impacto que Mel teve na época da exibição. A artista conta que as pessoas que passaram pela dependência química naquela ocasião sentem carinho por esse papel.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Até hoje as pessoas seguem falando comigo sobre esse trabalho. A Mel foi uma personagem impactante para a época e até hoje eu às vezes escuto histórias de pessoas que estavam passando por problema com dependência química e falam da Mel de uma forma muito carinhosa, dizendo que a personagem ajudou para que o diálogo fosse mais fluido em casa, com a conscientização relacionada a esse problema”, contou, em entrevista à própria TV Globo.

Importância na carreira

Em outro trecho, Débora Falabella foi questionada sobre a importância que o trabalho teve em sua carreira. Ela conta que falar sobre um assunto tão impactante fez a diferença.

O que mais me tocou foi poder falar sobre o tema da dependência química sem amarras e sem tabus, humanizando a situação de um dependente químico e da sua família. Quando o público se identifica com o personagem, se torna muito mais forte para falar sobre o assunto e procurar ajuda. Eu fico muito feliz até hoje quando pessoas que passaram por uma situação parecida, me encontram e dizem que se enxergaram naquela personagem, se sentiram identificadas e menos sozinhas”, disse.

A artista ainda comentou que se preparou para a personagem frequentando encontros de dependentes químicos. “Falamos com especialistas, assistimos a filmes e documentários. A história da personagem foi muito bem contada, o que facilitou na construção dela. Eu conheci a Mel antes do envolvimento com as drogas e aí eu percebi o que a levou para esse caminho, a preparação depende muito do texto e nesse sentido a Gloria (Perez) fez um trabalho lindo com essa personagem”, conta.

Reprise de O Clone

Por fim, Falabella comentou que a novela foi muito marcante e celebra o fato de poder rever a história depois de duas décadas. “A teledramaturgia faz parte da nossa cultura e muitas novelas foram marcantes para as pessoas. Acho que ativar essa memória e relembrar as boas histórias é celebrar esse momento da nossa cultura”, afirma.

“O Clone foi uma novela muito marcante, eu tenho muito orgulho de ter feito parte dela, vendo pelo lado mais pessoal é como se eu voltasse um pouco no tempo, minha vida era diferente e minha experiência como atriz também. Assistir a esse trabalho hoje também me faz relembrar a minha história e esse momento da minha vida“, finalizou Débora.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›