Dira Paes, de Pantanal, detona Jair Bolsonaro: “Não é humano”

Fazendo muito sucesso com a personagem Filó, da novela Pantanal, a atriz Dira Paes costuma se posicionar politicamente. E ela falou sobre diversos temas importantes durante uma entrevista ao podcast Expresso Ilustrada, do jornal Folha de S.Paulo.

Na conversa, Dira celebrou o sucesso da trama. “Hoje, coincidentemente, meu filho chegou da escola e me fez muito feliz. Ele falou: ‘mãe, todos os meus amigos estão vendo ‘Pantanal’. Isso é muito raro, talvez isso não se repita.’ O Inácio tem 14 anos, ele vê essa paixão pelas novelas [só] de ouvir falar. Agora, ‘Pantanal’ suscitou tudo isso. E, como na época, também [tem] a linguagem impactante, uma proposta de você parar um pouco“, disse ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Pantanal convida a gente a ser cidadão, porque ele fala sobre as fraquezas e diferenças. Quando uma pessoa urbana vai para o campo é como se o tempo durasse mais do que 24 horas. A gente sente isso fisicamente. Dá tempo de fazer as coisas. Então, o que nos ocupa de fato? Eu não sei. Mas acho que a novela dialoga com uma necessidade imediata de muitas pessoas“, opinou.

Detonou Bolsonaro

Na sequência, Dira Paes critica o presidente Jair Bolsonaro. “Infelizmente, a gente não tem eco no governo Bolsonaro. É um governo que criminaliza ações ambientalistas, humanistas e artísticas. Tenta trazer o holofote para uma degradação da própria imagem”, reclamou.

Economicamente, [o governo Bolsonaro] não é humano, ideologicamente, não, artisticamente, não. É tudo assim, uma fragilidade de ego, de inteligência e de sensibilidade. É lamentável o que a gente tem presenciado nos últimos tempos, temos suportado abaixo dos nossos narizes. Então, este ano é o ano da transformação”, pediu.

Dita acredita que as pessoas querem se encontrar com um tempo de paz no Brasil. “Vejo muitas propagandas Bolsonaro que falam da família. Só que isso tem um recado que é muito triste, porque ele esquece os indivíduos que tem muita gente sozinha, que não tem ninguém, órfãos. E família não é um pai, uma mãe e duas crias. Isso demonstra essa fragilidade que eles [do governo] têm de verbalizar as coisas”, opinou a atriz.

Urnas em outubro

Por fim, Dira Paes falou a respeito da campanha para que existe para que jovens a partir de 16 anos tirem o título que eleitor. “Tenho certeza que a Anitta [que também participa] não está ali, polarizando nada, só está dizendo ‘poxa, eu acordei, vamos juntos’. É bonito demais”, comentou a atriz, que finalizou na sequência.

Ah, se eu soubesse fazer TikTok! Vocês não iam me aguentar! É difícil a gente ficar falando coloquialmente sobre leis. E, às vezes, isso distancia as pessoas. Então, quando vem alguém que traduz isso numa imagem, dança, ou música, é muito bom. A arte salva. É a nossa redenção”, finalizou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›