Estrela de A Lagoa Azul revela que foi hospitalizada

Brooke Shields
Brooke Shields (Reprodução)

Conhecida por seu papel no clássico filme A Lagoa Azul, Brooke Shields assustou os fãs neste fim de semana ao publicar um vídeo no Instagram em que aparece andando com a ajuda de muletas.

A beldade, de 55 anos tranquilizou a todos dizendo que está bem apesar de ter quebrado o fêmur.

“Quebrei o meu fêmur. Começando a me recuperar. Não importa qual seja o seu desafio, faça uma escolha positiva, por si mesmo, para seguir em frente”, disse ela.

A atriz ainda comentou que não pode fazer força, e relatou a quantidade de peso que pode colocar sobre sua perna atualmente.

“Há apenas 20 por cento do peso. O objetivo é dobrar o joelho um pouquinho a cada vez, apenas para não arrastá-lo ou puxar o quadril”.

Aprendendo a usar biquíni

Mas exibir o corpão que tem não foi fácil, nem para a estrela. Ela revelou numa entrevista no ano passado que  não tinha coragem de mostrar o corpo nas redes sociais, como tem feito ultimamente e que precisou ter sua autoestima muito estimulada para chegar a isso.

Ela explicou que só conseguiu se abrir dessa forma e não se cobrar tanto depois de uma conversa super sincera com os filhos Rowan e Grier. 

“Eu estava usando aqueles maiôs enormes que tinham o máximo de tecido possível. Meus filhos diziam: ‘Mãe, é ridículo'”.

“Foi meio que me vendo através dos olhos deles que comecei a celebrar coisas como minha bunda. Coisas nas quais eu nunca gostei de me concentrar na minha vida. Foi aí que, aos 55 anos, eu disse: ‘Espere um minuto, mulheres com mais de 50 anos ainda não chegaram ao fim'”, explicou ela, que começou a se achar tão ridícula quanto os filhos a enxergavam.

E acrescentou: “Se você tem essa idade, especialmente se você é atriz, é como se te dissessem que ‘você já teve sua carreira, agora relaxe’, mas acho que estou apenas começando”.

Brooke então aposentou seus maiôs, e deu lugar a seus biquínis, que ainda assim são mais comportados que outras peças que vemos por aí.

Isso deu uma força tão grande para ela, que ela acreditou que precisava dividir isso com outras mulheres. Ela faz diferentes postagens nas redes justamente sobre a importância da aceitaram, e de mulheres poderem vestirem o que quiserem sem a preocupação com o que o outro está pensando a respeito.

“Eu trabalho duro para isso. Todos os dias, neste verão, eu malhei. Eu meio que conquistei minha confiança”, disse.

DEIXE SUA OPINIÃO

Veja mais ›