Evaristo Costa detona CNN Brasil após demissão: “Livramento”

Evaristo Costa detonou a CNN Brasil após demissão conturbada (Foto: Reprodução/Instagram)
Evaristo Costa detonou a CNN Brasil após demissão conturbada (Foto: Reprodução/Instagram)

Evaristo Costa detonou a CNN Brasil após demissão da emissora. Indignado, o jornalista disse que foi um “desprazer” ter passado pelo canal de notícias e considerou sua dispensa como um “livramento”.

Durante conversa com seguidores em seu perfil no Instagram Stories, Evaristo desabafou sobre a saída da CNN Brasil. “Qual seu nível de indignação com a CNN? 0 a 10”, quis saber um internauta.

“Sendo 0 não indignado e 10 máximo de indignação, minha resposta é 10. Foi um prazer e um desprazer maior ainda, soltou.

Questionado sobre o que pretende fazer em sua “nova fase”, ele disse que voltará para suas férias e considerou a emissora como uma “pedra no sapato”. “Seguir com meu sabático interrompido por uma pedra no sapato, disparou.

Evaristo garantiu que não aceitaria um novo convite da CNN Brasil. “Sabendo que eu passaria por esse lamentável ocorrido? Nunca cometeria o mesmo erro”, disse.

Situação com a Globo

Sobre retornar para a Globo, ele revelou que sua situação com a emissora é boa, já que saiu mantendo bom relacionamento. No entanto, afirmou que no momento prefere continuar em seu período sabático.

Saí de lá com as portas abertas pra voltar. Diferentemente desse último canal que trabalhei. Mas insisto em dizer que meu sabático ainda está em andamento”, declarou ele, que prometeu voltar para o Brasil, mas com uma ressalva: “Sim, um dia. Mas não por imposição de nenhum canal de TV”.

Evaristo Costa e o término conturbado

Perguntado sobre o que alegaram em sua demissão, Evaristo disse que a CNN Brasil o apunhalou. “Poderiam alegar o que quisessem, é direito deles demitir. O que nenhuma empresa pode fazer com funcionários corretos é apunhalar pelas costas e de forma desrespeitosa. Que faz com um, faz com todos”, disse.

Questionado se o canal de notícias se retratou e lhe pediu desculpas pela forma como aconteceu a demissão, o jornalista disse que espera que nunca mais falem com ele.

“Pela forma desrespeitosa como me trataram? Não se retrataram e estão tentando encontrar justificativa pra dizer que desvirtuei minha demissão. E, sinceramente, espero que nunca mais se dirijam a mim, disparou.

Evaristo Costa afirmou que considerou a demissão da CNN Brasil como um “livramento”. “Meu plano B é seguir agora com o plano A. Plano A: sabático”, disse ele a um seguidor. “[Estou dormindo] Igual a uma pedra. E com a consciência tranquila sobre o travesseiro, alfinetou ele em resposta a outro internauta.

Vitor Peccoli
Publicitário formado pela Faculdade Pitágoras e roteirista pela Casa Aguinaldo Silva de Artes. Atua no jornalismo de TV e famosos desde 2013.
Veja mais ›