Ex-BBB João Luiz vai lançar livro sobre geografia

Ex-BBB e influenciador João Luiz Pedrosa (Reprodução/Instagram)
Ex-BBB e influenciador João Luiz Pedrosa (Reprodução/Instagram)

João Luiz Pedrosa, ex-participante do Big Brother Brasil 21, revelou que está se preparando para lançar o seu primeiro livro. O projeto será para o mineiro falar sobre geografia, sua formação profissional.

O apresentador do Trends Brasil (Globoplay) falou que pretende mostrar cada detalhe do processo criativo com os seguidores nas redes sociais. “Vocês vão estar aqui comigo sempre acompanhando meus dilemas, minhas alegrias”, disse.

“Quero muito que isso chegue para o maior número de pessoas possível, para que a gente possa continuar conversando sobre muita coisa legal, completou João.

Através do Instagram, a editora HarperCollins falou que o objetivo do livro, que vai ser lançado em novembro deste ano, tem o objetivo de mostrar que geografia não é apenas uma matéria do currículo escolar.

“Junto com o João, queremos mostrar aos leitores que a Geografia não é apenas uma matéria que faz parte do currículo escolar e que ela não só está presente no nosso dia a dia, como é possível enxergá-la de forma interessante e divertida”, disse a editora.

Decisão sobre vacina

Professor de formação, João Luiz poderia usar deste artifício para tomar a primeira dose da vacina contra covid-19, mas preferiu esperar mais um pouco. Em seu perfil do Twitter o ex-BBB deu sua justificativa.

Segundo João, por ele estar distante das salas de aula, ele não vê motivo para ele ser vacinado antes de chegar a sua idade. O famoso deixou claro que não acredita que esta seja uma escolha ética.

“Uma galera me perguntou se eu vou entrar na fila dos professores pra tomar a vacina, e a minha resposta é não! eu preciso reconhecer que não estou na sala de aula, e que nesse momento não estou junto aos meus colegas de profissão na linha de frente da retomada da normalidade nas escolas (ou pelo menos na expectativa dela). Vou esperar a minha vez, sobretudo por não cumprir a exigência de estar ativo no exercício da profissão”, disse ele.

Mais tarde o mineiro ainda retornou para a rede social para esclarecer que a rejeição da imunização nada tinha a ver com ser contra a vacina, pelo contrário.

“Resumindo: eu só vou respeitar a fila gente. Longe de mim negar a eficiência da vacina, tá doido!! Acho que uma galera não entendeu o que eu quis dizer. E outra, não tô em situação ativa de trabalho”, declarou.

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›