Ex-BBB Paula Amorim desabafa sobre invasão de seguidores

Paula Amorim, do BBB 18
Paula Amorim, do BBB 18 (Reproduçã0/ Instagram)

Alguns casais que se formam dentro do Big Brother Brasil simplesmente se separam ao chegarem do lado de fora da casa mais famosa do país, mas alguns se mantêm firmes e fortes. É o caso de Paula Amorim e Breno Simões, que participaram da temporada 18 do programa. A morena de Belo Horizonte, usou as redes sociais para fazer um desabafo sobre uma situação complicada que está vivendo: ela está sendo acusada de trair Breno. 

No Instagram Stories, ela contou que tem sido perseguida, e que recebeu algumas mensagens com este teor. Tudo começou de forma bem estranha, quando Paula filmou o pôr-do-sol junto com o namorado em seu próprio apartamento, mas os fãs acreditaram que Breno não estava em casa com ela, e começaram a cogitar a hipótese de a sombra que eles tinham visto através dos reflexos serem de um possível amante. Muitos chegaram a dizer que ela não estava em casa nas imagens. 

Mas segundo a ex-BBB, a invasão foi tanta que os seguidores começaram a ligar na portaria de seu prédio para saberem ela estava mesmo em casa, como alegou. 

“Desde tarde eu não tinha filmado nada porque meu corpo estava doendo bastante [após malhar]. A gente queria desapegar, curtir com amigas, sem ficar na internet. A gente bebeu muitos vinhos, eu, Bruna e Aline, só. Ficamos falando da vida dos outros e eu voltei pra casa de manhã”, começou ela.

“Mensagens bem loucas, como ‘você está dormindo na rua’, me xingando de palavras bem feias, ‘você está traindo Breno’, ‘terminou seu relacionamento’, a gente está acostumado, apesar de ser loucura. Mas hoje as pessoas passaram do limite, porque estão ligando no meu condomínio pra saber se estou em casa”, explicou. 

“Ligaram duas vezes, fingindo que tem documento pra eu assinar. Não tem nada pra eu assinar. ‘Paula está em casa?’, ‘ela vai sair?’, ‘ela vai ficar em casa até que horas?’. Até a loucura tem limite. Para. Às vezes, a gente fica até com medo. Não sei se eu posso sair na rua hoje. Cuida na sua vida, numa boa. Isso não é legal. Passou do limite”, completou ela brava.  

Paulo Afonso
Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.
Veja mais ›