Ex-diretor da Playboy revela quem seria sua capa dos sonhos na revista

Ex-diretor da Playboy
Ex-diretor da Playboy (Foto: Reprodução/YouTube)

Edson Aran, ex-diretor da Playboy, revelou em entrevista ao canal Clube da Vip, no YouTube, alguns bastidores de quando ele comandava a direção da famosa revista masculina, entre 2006 e 2013. Ele contou que, apesar de inúmeras mulheres lindas terem passado pela publicação, sempre teve em mente, sua ‘capa dos sonhos’, mas que infelizmente não aconteceu.

“Meu sonho era a Carolina Dieckmann na capa, mas não foi possível. Teve sondagem, mas nunca chegou a avançar. Na verdade, a gente sondava todo mundo”, disse Aran.

Edson falou também, sobre uma outra atriz que a revista queria muito ter estampada em suas páginas, mas que acabou não acontecendo. Na ocasião, ele citou que a famosa se tratava de Luana Piovani, que chegou a pedir cachês altíssimos na época.

“A gente ligava todo ano e ela não queria fazer. Ela sempre colocava uns cachês absurdos e inviáveis”. Ele conta ainda que, apesar de Luana não ter topado, ela acabou sendo ponte para uma outra famosa, Cleo Pires, que acabou marcando uma das edições mais celebradas da ‘Playboy”, em 2010. “Conversando com o agente da Luana na época, ele disse que ela nunca toparia, mas que a Cleo, sim. Foi um cachê alto, me tirou muitas noites de sono”, disse ele.

Conflito com ex-BBB

O ex-diretor recordou também, uma confusão com Íris Stefanelli, ex-participante do BBB 7. Ele conta que, diversas jovens, após saírem do reality, eram procuradas pela revista para posarem nuas. Muitas, inclusive, foram capas e são lembradas até hoje. No entanto, com Íris, houve um certo conflito.

“A Iris me encheu muito o saco na hora de fechar o contrato. Mas depois a gente ficou amigo, se encontrou em festa e tal. Mas na hora de fechar ela foi um porre”, revelou Aran.

Contrato rasgado

Edson Aran falou ainda, sobre um episódio onde chegou a rasgar um contrato, pois a famosa estava fazendo muitas exigências.

“Enchi o saco da mulher e disse que não faria mais, de tanto que ela encheu o saco”, contou ele, sem revelar nomes. No entanto, já no fim da entrevista, questionado se a atriz e apresentadora Babi Xavier havia negociado um segundo ensaio (ela já havia posado em 2003), Aran entregou. “Aquela história do contrato rasgado, sabe…Mas não quero entrar em detalhes”, disse o ex-diretor da revista.

Antes de ser diretor da Playboy, Edson foi redator-chefe da VIP, no final dos anos 1990, e também passou pela redação da Sexy, em 2003.

Confira a entrevista de Edson Aran na íntegra:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Veja mais ›