Fábio Assunção desabafa sobre envelhecer: “grande mérito”

Fábio Assunção comentou sobre velhice (Foto: Reprodução)

Aos 48 anos de idade, Fábio Assunção admira a velhice, antes mesmo de chegar nessa fase, e durante a sua participação no canal Brasil, o ator afirmou que tudo isso se trata de uma grande mérito. “Acho que a velhice é um grande mérito da pessoa que viveu a vida inteira e chegou à velhice”, iniciou o global.

No desabafo, o galã relatou que “ser velho”, deveria ser enxergado como um presente. “Acho que a velhice é um grande mérito da pessoa que viveu a vida inteira e chegou à velhice. Deveria ser vista como um presente, uma grande alegria. Nessa nossa cultura ocidental, a gente valoriza muito o novo”, desabafou ele.

Vendo de um outro lado, o muso argumentou que de certa forma, as pessoas sentem medo de envelhecerem, por acharem que serão esquecidas, ou de certa forma, deixadas um pouco de lado, em trabalhos e novas produções.

“Eu poderia tirar o meu grisalho e ficar cinco anos mais novo, mas por que fazer isso? Eu não acho a velhice pejorativa, mas acho que a gente tem um problema social forte, de os idosos não serem mais absorvidos pelo mercado de trabalho, ficarem meio invisíveis”, falou Fábio.

GALÃ DE NOVELA

Com diversos papéis marcantes na carreira, não ser ser chamado de galã de muitas novelas é quase inevitável, e sobre isso, o artista confessa que acha que o título é totalmente construído pelo público. “Essa coisa de galã é muito construída pelo público e eu sou muito grato, fico lisonjeado. Não tenho problema. Eu tive a chance de fazer também personagens antigalãs, o que só me trouxe riqueza profissional”, disse ele.

OBSERVAÇÃO DE FÁBIO

Muito observador, o muso usou as redes sociais nas últimas semanas para dividir um clique curtindo o finalzinho de um dia, e na legenda, escreveu sobre crepúsculo. “Crepúsculo: A claridade observada no período que antecede o nascer do dia. 01.julho. Crepúsculo devidamente amanhecido, desavergonhadamente registrado”, escreveu ele no post.

DEIXE SUA OPINIÃO

comments