Fábio Assunção explica casamento rápido com Ana Verena

No elenco de Desalma, Fábio Assunção vive um ótimo momento na vida profissional e pessoal. A prova disso é que, em conversa com a jornalista Patrícia Kogut, o artista comentou sobre o casamento ”as pressas’ com Ana Verena nos últimos meses.

De forma resumida, ele falou que ambos desde o início de tudo já sabiam que queriam as mesmas coisas juntos, o que resultou em uma união de forma bem rápida.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Temos um encontro muito potente. A gente é bem realizado nesse encontro. Não é uma questão de ‘vamos logo com isso’ ou ‘vamos esperar mais’. É tipo: ‘Já é’. Se é, é. Então, não passa muito por fazer planilhas. Foi essa coisa de amor que as pessoas sentem. Esse papo aí de amor (risos)”, disse ele.

Idade

Para quem não sabe, Fábio Assunção é pai de Alana, de apenas um ano ao lado da amada. Antes disso, ele já tinha João de 19 anos, e Ella Felipe, de dez anos. Na visão do famoso, a diferença de idade não os afastam, visto que conseguem ter várias trocas interessantes.

“É sensacional poder ter uma conversa ao mesmo tempo com um moleque de 19 anos, uma garota de 10 e uma criatura de 1. João é um brother. Várias vezes falo: ‘E aí, brother?’. E penso: ‘Brother, não, filho’ (risos). A gente mistura tudo. Ella é uma figura ilustrada, multicolorida, com milhões de talentos. Faz maquiagens incríveis nela mesma. É lúdica. Viro uma menina de 10 anos conversando com ela. É uma delícia”, admitiu ele, que analisou ter sido pai em diferentes fases da vida.

“É diferente ter tido João e Ella com 30 e 40 anos e a Alana agora com 50. Como as coisas estão equilibradas, posso ver no dia a dia a Alana se desenvolvendo, mas com os olhos de 50 anos. É lindo, né?“, desabafou.

Refletiu

Vale destacar que, ao participar do programa Papo de Segunda, no GNT, Fábio comentou sobre as pessoas que criticam relacionamentos onde alguém é mais novo do que o outro. Segundo ele, isso é falta do que fazer e de enxergar o amor.

“O amor é tão louvável. Os encontros são tão potentes. É muita falta do que fazer ficar julgando se é mais novo ou mais velho. Quando vejo duas pessoas que se gostam, é um acontecimento. Estou com 49 anos, e a Verena com 27, é um encontro de ideias. Tem pessoas mais infantis com 27 e que não estão abertas ao novo, eu com 49 estou aberto a viver coisas novas. As relações sendo verdadeiras, elas devem acontecer. Estou sempre saudando o amor, a liberdade e a possibilidade dos encontros”, desabafou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›