Fernanda Lima faz desabafo sobre 2021 e relembra momentos

Longe da TV, Fernanda Lima usou as redes sociais para refletir sobre o ano de 2021. Ao lado do esposo Rodrigo Hilbert, a loira abriu o coração e mencionou algumas dificuldades vividas ao longo dos últimos meses.

“2021 foi um ano profundo. Nunca senti tanta dor e amor juntos. Tanta perda e tanto ganho. De qualquer maneira, a vida vem ficando cada vez mais interessante aqui dentro e frequentar esse espaço público requer cautela, um bom propósito. Isso porque quanto mais olhamos pra dentro, menos tempo sobra pra espiar a vida alheia ou expor a sua, da maneira como quer ser lida, se distanciando assim da realidade nua e crua a que todos nós estamos inseridos”, iniciou ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequência, a apresentadora destacou o lado positivo das redes sociais. “Por outro lado, esse espaço digital pode ser uma ferramenta poderosa nas mãos. Uma ferramenta de conexão de ideias, onde podemos construir muitas pontes. É nisso que acredito”, pontuou.

Por fim, ela desejou um bom ano aos admiradores e se declarou ao companheiro. “Que 2022, esse ano tão definitivo em nossas vidas e para o futuro das próximas gerações, seja repleto de reflexão, de olhos nos olhos, de crescimento, de verdade, de amor profundo, de beijo na boca, de abraços apertados e de amizades verdadeiras com conexão para além das redes sociais. Se cuidem! A gente tá assim, se cuidando e se aprofundando. Te amo, Rodrigo!”, afirmou.

Desabafou

Apaixonada pela maternidade, Fernanda Lima recentemente tirou um tempinho para desabafar sobre ter passado a noite acordada ao lado da filha, que não pegou no sono.

“A difícil missão de ser mãe ou cuidadora nas madrugadas. Tentei fazer tudo certo com a hora do sono dos meus bebês gêmeos, mas foi pesado e difícil até os oito anos de um deles, que mesmo dormindo sozinho levantava para me chamar todas as noites”, começou.

Ela prosseguiu e demonstrou otimismo com a fase da criança. “Dessa vez com a neném também resisti ao ‘deixa chorar que ela aprende a dormir’ e cá estou eu, entrando no segundo ano dela tendo que dormir longe do marido para atender as diversas chamadas dela durante as madrugadas e virando um zumbi durante o dia. Tem melhorado, sei que vai melhorar ainda mais, mas eu reparo que os estímulos durante o dia determinam muito a qualidade do sono do bebê”, pontuou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›