Flávia Alessandra relembra cenas com Antônio Fagundes em ‘Duas Caras’

Flávia Alessandra aproveitou um momento de interação com os seguidores em seu Instagram, para relembrar sua personagem Alzira, na novela ‘Duas Caras’, novela exibida originalmente em 2007 e atualmente disponível no Globoplay. Na ocasião, a atriz recordou as cenas sensuais que protagonizou com o personagem Juvenal Antena, vivido por Antônio Fagundes.

“Alzirão se envolveu depois com Fafá. Fagundes é uma referência na nossa dramaturgia. E aí, gente, eu tinha cena sensual. Confesso que era um desafio muito grande para mim ter cena sensual com o Fagundes.”, afirmou a famosa.

Na sequência, ela contou uma situação inusitada durante as gravações de uma cena em que precisava fazer uma dança sensual para o personagem. Na ocasião, Flávia Alessandra disse que acabou caindo.

“Numa das sequências, em que ela dança, numa coisa private, só para ele, eu escorreguei. Me segurei. E ele me olhou como se dissesse: “Vai, confia”. Deu certo. A gente não parou. A cena foi ao ar. Tem um pedaço em que estou escorregando que só eu sei.”, disparou a artista.

Por conta das inúmeras cenas sensuais em que precisava dançar pole dance, Flávia Alessandra diz que sempre estava se machucando e até hoje sofre em decorrência de uma lesão que teve na época.

“Eu me machuquei várias vezes, mas eu lesionei mesmo foi o meu ombro, porque era muito esforço repetitivo, pouco tempo que eu tinha para aprender. Até hoje tenho meu ombro direito mal por causa de Alzirão.”, afirmou a esposa de Otaviano Costa.

Relembre uma das cenas:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Lembranças de ‘Duas Caras’

Em 2012, Flávia Alessandra relembrou sua personagem em ‘Duas Caras’ durante entrevista ao ‘Memória Globo’. Na ocasião, a atriz contou que a princípio, seu papel não teria tanto destaque na trama.

“Alzirão, eu chamava a Alzira de Alzirão. Pra mim ela era um mulherão. Era uma personagem pequena, que tinha uma sinopse bem breve e tinha me encantado fazer pelo o que era. ‘Ela era uma enfermeira, teoricamente, e que dançava em uma casa noturna. Tinha como marido um homem que a retraía e dois filhos. Ponto. Isso era a trama da Alzira.”, afirmou Flávia.

“Quando foi ao ar a primeira cena da Alzira, eu fui no aeroporto e todas as pessoas estavam me olhando. Meu marido disse que foi um acontecimento. E a partir daquele dia virou uma explosão e a Alzira passou a fazer parte de uma trama que não estava pra rolar. Seguiu uma trama que não existia de início.”, explicou a artista.

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›