Funkeira, Jojo Todynho surpreende e se joga no pagode em nova música

publicidade

A cantora Jojo Todynho decidiu se jogar de vez no mundo do pagode. Nesta sexta-feira (24), a vencedora de A Fazenda 12 divulgou oficialmente a música De Onde Eu Venho, sua primeira música solo no gênero.

Desde 2020 a carioca vem flertando com o pagode e fazendo parcerias com alguns grupos de pagode. O ótimo desempenho da funkeira dentro do gênero fez que muitos fãs pedissem para ela investir de vez em músicas parecidas.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

A faixa traz Jojo celebrando suas origens do bairro do Bangu, periferia do Rio de Janeiro. Em clipe divulgado pela artista, ela mostra uma câmera percorrendo por lugares marcantes para os moradores da região.

“Gente é muita novidade maravilhosa, estou extremamente feliz com tudo isso e eu tenho certeza que vocês vão adorar tudo que foi feito nesse trabalho”, disse a cantora em uma postagem no Instagram.

Jojo Todynho abre o coração sobre novo trabalho

Em entrevista concedida para a revista Quem, Jojo Todynho contou um pouco sobre o novo projeto, que vem sendo pensado há algum tempo. A famosa disse que, diferente do que muitos acham, sua raiz vem do samba.

Segundo a cantora, ela sempre amou o universo do samba e por muitos anos frequentou eventos do gênero.

publicidade

“‘De onde eu venho’ é uma música que reflete muito a minha vida, meu caminhar, a forma como fui criada. Quando a ouvi pela primeira vez foi com o BalacoBaco. Eu frequentava roda de samba e pagode e era época que eles estavam estourados, junto com outros grupos, como Bom Gosto e Clareou. Foi um época muito boa e muito marcante na minha vida. Foi nas rodas de samba que fui me identificando, aprendendo e levando a música para vida”, disse Jojo.

A ex-participante do Dança dos Famosos continuou falando sobre o processo de concepção do projeto, que contou com a participação do produtor musical Prateado. Ela ainda revelou que logo os fãs vão poder conferir um álbum completo dela cantando pagode.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“O meu álbum é algo que saiu do papel, saiu da ideia. Quando me lembro que decidimos gravar eu queria muito que o Prateado estivesse na produção. Achei, inclusive, que ele não iria aceitar, mas ele me recebeu tão bem que eu nem acreditei”, explicou a cantora, elogiando o produtor.

“Foi muito importante. Prateado me recebeu na casa dele, rolou um strogonoff que estava tão gostoso que eu repeti duas vezes (risos)… ainda teve sorvete… Foi muito maravilhoso! Espero que todo mundo goste, pois as músicas escolhidas são bem ‘raiz’, bem o que eu escuto desde pequena. Não vejo a hora de estarem todas as músicas na pista”, finalizou.

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›