Gabi Brandt desabafa por falta de privacidade por fama

publicidade

Gabi Brandt, de 25 anos de idade, fez um desabafo em sua conta do Twitter após ser filmada em um restaurante, no Rio de Janeiro. A influenciadora digital protestou pela falta de privacidade em uma ocasião complicada.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Eu estou sentada num restaurante chorando porque hoje é aniversário do meu pai e estou longe dele e tem gente filmando… Nessas horas dá vontade de ser chata. Aí depois ainda vai para Instagram de fofoca falar que não valeu a pena conhecer a pessoa, que a pessoa é chata, que não foi legal igual na internet. Ou pior: capaz de usar o vídeo pra falar que na verdade eu estava chorando por outro motivo. O bom senso fica com Deus”, desabafou ela.

“Ainda estou tendo que ler que sou obrigada a achar normal já que estou em um restaurante! Desculpa, mas na minha opinião não acho legal filmar/tirar foto de alguém escondido, sem a pessoa saber. Eu, mesmo chorando, tirei foto com umas 4 pessoas, com a maior educação”, completou ela.

“Eu já tirei foto até na emergência do hospital quando me pediram… Não meço esforços pra ser carinhosa com quem me trata com educação. Mas filmar escondido num momento delicado? Não concordo”, encerrou o desabafo. 

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

fala sobre o seu relacionamento com Gui Araújo

Na ultima semana, Gabi Brandt concedeu uma entrevista para o podcast Podcats e falou sobre o seu relacionamento com Gui Araújo. Na ocasião, Gabi disse que foi ameaçada de morte pelo influenciador digital enquanto eles estavam juntos.

“É muito complicado falar, foi muito traumático. Ele falava que ia se matar, ameaçava. Aí, tinham vezes que ele me ameaçava [e dizia:] ‘Ah, vou acabar com a tua vida’. Coisas desse tipo, era muito tenso”, contou ela.

“Mas, uma vez, estava no churrasco e tiraram uma foto de uma menina no meu colo, aí ela terminou’. A primeira vez que descobri traição, peguei conversa, fiquei mal, tentei separar, manipulação, rolo, doideira, voltei. Segunda vez, voltei de novo”, completou.

“As minhas amigas ficavam desesperadas. A minha mãe ficou doente, ela falava: ‘Pelo amor de Deus, você vai morrer!’. Tinha total dependência emocional, total! Teve uma época que passei da fase de dependência emocional e comecei a falar ‘preciso sair desse relacionamento, socorro’, mas não conseguia. Do estalo, ainda passei um ano até sair. E foi um ano, todo fim de semana, traição”, disse ela.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›