Gabriela Duarte faz desabafo sobre a mãe e vida pessoal

Gabriela Duarte (Foto: Reprodução)

O nome da atriz Gabriela Duarte foi parar nos trends do Twitter,  após a musa participar do programa “Conversa com Bial”, na última quarta-feira (14). Na ocasião, ela comentou sobre a sua vida pessoal e as polêmicas envolvendo a mãe, Regina Duarte.

Quando questionada sobre as decisões da famosa que virou Secretária de Cultura do Governo Bolsonaro, a convidada da atração afirmou que ela e a amada são pessoas muito diferentes.

“Acho que houve uma mudança na forma de olhar sobre como ela se posicionou […] Me sinto muito pouco na posição de fazer esse julgamento. Uma coisa posso afirmar, nós somos muito diferentes realmente”, começou Gabriela.

Em seguida, a beldade relatou que quando soube da notícia do cargo de Regina, se surpreendeu já que era tudo muito oficial e decidido por parte de sua mãe em prol do Governo.

“Eu entendo que exista uma associação, até mesmo pelo trabalho. É uma coisa que eu poderia ter feito o movimento de separação antes, talvez me expondo mais. Ela fez um comunicado. Era um desafio. Não tem que consultar os filhos, tem que comunicar”, desabafou.

Ataques

Em outro trecho da conversa, Gabriela Duarte lamentou os ataques que ainda sofre, por causa de escolhas pessoais e profissionais de sua mãe. Segundo ela, as pessoas pegam pesado.

“Não somos a mesma pessoa. Esse momento foi muito forte. Primeiro por pessoas que não tinham tanta relação comigo, mas me apoiaram muito. Essas pessoas realmente entenderam essa questão. E teve também um lado duro demais de pessoas me julgando, me cobrando um lugar de ter que me posicionar, de ter que apedrejar minha própria mãe em praça pública. Foi um período muito difícil. Já não bastasse estar no período da pandemia, e ainda ter que lidar com isso”, contou ela.

Além das criticas, ela chegou a sofrer ameaças. “Recebi muitas ameaças, isso nunca me passou pela cabeça que seria possível. Tenho tudo documentado, mas é bizarro”, revelou.

Pessoal

Já sobre quando se trata de sua vida pessoal, a artista que morou um bom tempo em Nova York, afirmou que às vezes não se enxerga pronta para conversar pautas polêmicas de forma aberta.

“Decidimos ter uma nova experiência. Nós entendemos que queríamos conhecer uma nova sociedade. Às vezes, não me sinto pronta publicamente para determinados debates. Mas estou com o meu coração sempre aberto para entender. E a minha luta é essa, é pela justiça, é pelos direitos iguais”, finalizou.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›