Geisy Arruda renova o bronze com peça explosiva de fita

A influenciadora digital e escritora de contos Geisy Arruda voltou a roubar a cena nas redes sociais. Atualizando o feed de sua conta oficial no Instagram, ela surgiu usando um biquíni de fita e, mostrando suas marquinhas, surgiu arrancando a peça.

Na curta legenda da postagem, ela ainda falou sobre uma campanha muito importante comemorada neste mês. “Outubro Rosa e ela tá toda Rosinha”, brincou Geisy, que teve seu vídeo visualizado mais de 340 mil vezes em um curto intervalo de tempo. Nos comentários, ela leu elogios como “gostosa” e “musa”.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Confira a publicação de Geisy Arruda nas redes sociais:

Onde tudo começou

Você se lembra? Geisy Arruda ficou famosa em todo o país no ano de 2009, quando virou chacota depois de aparecer com um vestido mínimo em sua faculdade. Agora, mais de 10 anos depois, a escritora de contos decidiu relembrar a situação e explicar em entrevista ao Venus Podcast que não tinha nem 20 anos na ocasião. A musa falou mais a respeito.

Eu tinha 19 anos, eu estava muito na merd*, eu fui humilhada por mais de três mil pessoas. Eu fui esculhambada, me chamaram de tudo quanto é nome. Não tinha um lado bom naquilo”, comentou.

Com o passar do tempo, Geisy foi vendo tudo melhorar. “Mas a partir do momento em que eu saí do papel de vítima, consegui um advogado e me posicionei, aí eu disse: ‘Agora vocês tão fritos na minha mão’. O engraçado é que era um vestido que eu paguei R$ 50, eu comprei na liquidação. Eu amava ele, eu me sentia tão bem dentro dele, ajudava minha autoestima, eu me sentia tão bonita… então eu não entendi porque agrediu tanto as pessoas”, finalizou a escritora.

A luta das mulheres ainda permanece, na opinião de Geisy Arruda. “Sim, muito tempo se passou, mas pouca coisa mudou em relação à mulher. Esses dias eu estava no mercado de vestido longo, passaram dois motoqueiros e quase me comeram viva. O vestido era longo, mas provavelmente me olharam daquela forma porque era justo”, disse Geisy, que ouvia mentiras a seu respeito.

As pessoas começaram a falar coisas de mim dentro faculdade, tem histórias bizarras, como uma que dizia que eu estava transando na sala, outra dizia que eu estava sem calcinha, tem outra que eu tinha subido a roupa… cada um inventou uma história de mim para justificar o ataque”.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›