Geisy Arruda revela nome do segundo livro erótico e usa look ousado

topless geisy arruda
(Reprodução: Instagram)

Após o sucesso do seu primeiro livro erótico, O Prazer da Vingança, Geisy Arruda revelou o nome do segundo livro cheio de histórias picantes. Para divulgar a chegada do novo sucesso, a influenciadora deixou os fãs babando na foto publicada no Instagram.

Geisy surgiu usando um sutiã de oncinha, deixando quase os seios darem uma escapadinha da peça de tão turbinados que são e sensualizou com o dedo na boca.Meu segundo livro está chegando… “ Desejo proibido” está chegando para animar a vida de vocês! Estou ansiosa e excitada!  Me AGUARDEM”, anunciou. Com mais de 27 mil curtidas em menos de três horas, os fãs comemoraram o novo livro e elogiaram a beleza da famosa.

Carta aberta ao haters

Apesar de fazer muito sucesso com suas fotos sensuais e por falar de sexo abertamente nas redes sociais, Geisy também recebe diversas críticas de haters. Cansada de ser questionada se só publica fotos do seu bumbum, ela resolveu encerrar o assunto ao publicar uma carta aberta.

“Carta Aberta: Sim, eu como Mulher, Livre, Escritora, Digital Influencer, e Dona do meu Corpo e da minha Sexualidade, tenho o Direito de Acordar , com meu pijama novo e tomar meu café preto? Sim, TENHO. Vou responder algumas questões que tenho recebido: Você só posta foto da bunda: SIM, porque a Raba é linda mesmo, um primor, adoro ela. É sexy e molinha. Viva as RABAS”, começou.

“Você faz programa? NÃO, e isso não faz de me mim mais mulher e muito menos melhor de quem faz. Mas a Impressão que você passa é que faz: Eu lido com o PRECONCEITO a TANTOS Anos: Não vista essa roupa, não sente-se desse jeito, mulher não pode falar isso, comporte-se como uma mocinha, vai ficar mal falada no bairro, homens não gostam de mulheres que falam de sexo, vão querer você só pra comer, ninguém vai te levar a sério, você não é pra casar, você vai pro inferno se continuar assim… F*d*-se”, desabafou sobre o preconceito que sofre por se expor.

Por fim, ela disparou: “Ser Mulher e ser Livre já faz de mim uma Guerreira. O mal do Ser humano é julgar o outro como se ele fosse DEUS, querem julgar como se fossem perfeitos, um brinde a Hipocrisia de alguns. Vai ter Raba SIM. Vai ter MULHER falando de Sexo SIM, vai ter MULHER dona da vida dela SIM. Quem não gostar, sugiro, a porta da frente, que como dizem, é a serventia da casa”

DEIXE SUA OPINIÃO

comments