Gil relembra BBB 21 e dá conselho aos novos participantes

Gil do Vigor relembrou durante participação no programa ‘Mais Você’ com Ana Maria Braga na manhã desta quinta-feira (13), sobre sua experiência no BBB 21. No bate-papo, ele ainda aproveitou para dar conselhos aos novos participantes do BBB 22, que serão revelados amanhã (sexta-feira), durante a programação da TV Globo.

“Não se jogar, não errar, não botar os pés pelas mãos, não vale. O povo tem que entrar pra se jogar”, destacou ele. “Estar lá dentro é um autoconhecimento. Eu falo que todo mundo que passa pelo ‘Big Brother’ sai uma pessoa melhor porque é surreal”, afirmou Gil.

Ao comentar sobre sua experiência no BBB 21, o pernambucano comparou o reality com o “juízo final”. “Sabe aquele julgamento final que a gente fala que Deus vai aparecer com um telão e todo mundo vai ver o que a gente fez? É um sentimento muito parecido. Porque a gente sabe que todo mundo está vendo o que a gente está fazendo”, explicou o economista.

“É muito simbólico para mim, que vim de uma religião. Muitos anos aquela questão de Deus, dos nossos erros. E finalmente eu entendi o que é você ser sincero consigo e entender que a perfeição não existe. Ela é algo criado pelas pessoas que não aceitam as diferenças e seus próprios erros. Então foi lá dentro, porque o momento que eu passei a ser vigiado e julgado literalmente por tudo o que eu fazia, você fala: ‘gente, eu não preciso mais me preocupar'”, disse Gil.

Neste ano, como telespectador, Gil do Vigor garante que irá acompanhar tudo e comentar nas redes sociais. “Eu com certeza vou estar fofocando, vou estar aqui, vou estar fazendo lives. Eu quero falar mesmo, eu quero me regozijar, vou me entregar, estou muito animado”, afirmou o ex-BBB.

Gil do Vigor alfinetou Bolsonaro

Durante participação no programa ‘Altas Horas’, no último sábado (8), Gil do Vigor, que é especialista em economia, aproveitou para falar sobre a atual situação econômica do país e não perdeu a oportunidade de alfinetar o presidente Bolsonaro.

“Aprendi que há muitas variáveis que afetam os preços, que é a inflação. A inflação é o quê? O preço do cuscuz, o preço do arroz. Não é só taxa de juros”, disse ele, que criticou o presidente Jair Bolsonaro na sequência. “O discurso de um presidente vai gerar inflação. Se um presidente fala algo errado, nós temos investidores que estão de olho no Brasil“, afirmou Gil, sem citar oficialmente o nome do governante.

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›