Giulia Costa destaca corpo bronzeado ao posar com peça laranja

publicidade

Giulia Costa, a filha mais velha de Flávia Alessandra, aproveitou a última quinta-feira (7), para compartilhar um “tbt” especial em seu Instagram. Na ocasião, ela postou alguns registros praianos em que aparece usando um biquíni laranja e destacando seu corpo bronzeado.

Nas imagens, Giulia surge à beira de uma pedra enorme com os pés na areia, esbanjando beleza e suas curvas poderosas. “Lagartixando na pedra”, brincou a atriz na legenda da publicação. Por lá, as fotos da jovem rapidamente conquistaram milhares de curtidas e foram cercadas por elogios carinhosos.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Perfeita demais essa princesa”, disse uma fã. “Toda linda ela”, elogiou outra seguidora. “Que maravilhosa”, comentou mais uma seguidora. “Rainha da beleza”, disparou uma outra admiradora. “Gata demais, eu não aguento!”, escreveu mais uma internauta.

Sobrenome de Giulia Costa

Recentemente, um internauta questionou o motivo de Giulia usar o sobrenome Costa, que por acaso, é o mesmo de seu padrasto Otaviano Costa. Na ocasião, a atriz explicou que na verdade, antes de Flávia Alessandra se casar com o apresentador, ela já usava o sobrenome.

publicidade

“Você assina Costa, mas Otaviano não é seu pai”, disse um seguidor. Giulia, então, rebateu. “O Tiano (Otaviano) e minha mãe já tinha Costa antes de se casarem, amado meu. O Costa é do meu avô materno. Beijos de luz, que o destino faça a sua arte também”, respondeu ela.

Frustração com a faculdade

Recentemente, Giulia Costa fez um desabafo demonstrando sua frustração com a faculdade, que precisou terminar online por conta da pandemia. Na reta final do curso de cinema, ela lamentou não ter tido um bom proveito das aulas e de tudo aquilo que envolve o período universitário.

publicidade

“Estou mal, pois agora só tenho mais um semestre. Não aproveitei a faculdade como eu deveria aproveitar. Eu sei que vocês não falar: ‘Giulia, não adianta reclamar, não é só você que está passando isso’. Eu sei. Eu vou seguir o resto da minha vida reclamando por isso, porque ainda não aceitei isso. Podem me chamar de ingrata, do que for, mas é algo que me dói muito ainda pensar que não aproveitei nada da minha faculdade”, argumentou.

“Eu não fiz amigos no curso, como deveria fazer. Mas é isso, eu não estou sozinha, não adianta chorar pelo leite derramado. Isso tudo eu já sei. Podem falar, mas eu vou continuar reclamando. É a primeira vez que fico sabendo que eu terminei como a melhor nota daquele período. Eu sou muito chata com isso na faculdade. Eu dou a vida para tirar uma nota muito alta. Quando não tiro, eu fico frustrada. Quando a matéria e professor te cativam, a motivação é só uma consequência”, disse.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›