Giulia Costa fala sobre insegurança e elogia a mãe

Longe das novelas, a atriz Giulia Costa, filha de Flávia Alessandra, revelou em conversa ao jornal EXTRA, que a mãe sempre lhe ajudou com elogios, e a incentiva a se aceitar cada vez mais. Além disso, ela falou que a prática é comum dentro de sua casa.

“Nós ajudamos uma a outra nesse sentido. Minha mãe sempre fala que tenho um corpão, e eu a chamo de gata. Eu também tento incentivar a Olivia (irmã de 10 anos) porque ela está entrando pré-adolescência”, comentou.

Já sobre se sentir segura, ela revelou que depende do dia; “Sobre a autoconfiança, tenho dias e dias. Às vezes acordo me sentindo poderosa, às vezes estou me sentindo um lixo. Na internet, só publicamos o lado bom. Apesar de achar importante mostrar que posso me vestir como quero, também gosto de deixar claro que nem só de coisa boa é feita a rotina”, dissertou a jovem.

Reclamou

Nas últimas semanas, Giulia Costa reclamou de sua faculdade, já que ao concluir o curso de cinema, percebeu que não fez um bom aproveitamento por causa da atual pandemia.

“Estou mal, pois agora só tenho mais um semestre. Não aproveitei a faculdade como eu deveria aproveitar. Eu sei que vocês não falar: ‘Giulia, não adianta reclamar, não é só você que está passando isso’. Eu sei. Eu vou seguir o resto da minha vida reclamando por isso, porque ainda não aceitei isso. Podem me chamar de ingrata, do que for, mas é algo que me dói muito ainda pensar que não aproveitei nada da minha faculdade”, argumentou.

Na sequência, ela ainda contou não ter feito muitos amigos ao longo do curso. “Eu não fiz amigos no curso, como deveria fazer. Mas é isso, eu não estou sozinha, não adianta chorar pelo leite derramado. Isso tudo eu já sei. Podem falar, mas eu vou continuar reclamando. É a primeira vez que fico sabendo que eu terminei como a melhor nota daquele período. Eu sou muito chata com isso na faculdade. Eu dou a vida para tirar uma nota muito alta. Quando não tiro, eu fico frustrada. Quando a matéria e professor te cativam, a motivação é só uma consequência”, disse.

Homenagem

Vale destacar que, no inicio do último mês, Giulia emocionou os fãs ao prestar uma homenagem ao pai Marcos Paulo, que já faleceu, e ao padrasto Otaviano Costa.

“Faz 9 anos que eu não tenho meu pai pra abraçar no dia dos pais. Mas a vida sempre foi muito boa comigo, e desde pequena eu ganhei um outro pai, tão presente, carinhoso e paizão quanto o que me deixou cedo demais. Sinto sua falta todos os dias, pai, eu achava que a saudade melhorava com o tempo, mas que nada, a saudade só aumenta, a gente que acostuma a lidar com ela. Tiano, obrigada por sempre ser o paizão que você é, te amo muito”, falou na web.

MAIS LIDAS

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›