Giulia Costa rebate internauta após crítica por sobrenome

Filha de Flávia Alessandra, Giulia Costa deu uma resposta direta após ser criticada por ter o sobrenome de Otaviano Costa, que é seu padrasto. A jovem rebateu o internauta e explicou a situação.

Durante um bate-papo com seguidores em seu perfil no Instagram Stories, Giulia, que é fruto do relacionamento de Flávia com o ator Marcos Paulo, foi questionada por causa de seu sobrenome. Ela foi criticada por ter o mesmo sobrenome que o padrasto.

“Você assina Costa, mas Otaviano não é seu pai”, apontou um seguidor.

Giulia, então, rebateu. “O Tiano (Otaviano) e minha mãe já tinha Costa antes de se casarem, amado meu”, disse ela, que explicou: O Costa é do meu avô materno. Beijos de luz, que o destino faça a sua arte também”.

Giulia Costa fala da vida pessoal

Em entrevista recente ao jornal Extra, Giulia revelou que a mãe sempre lhe ajudou. De acordo com a moça, Flávia sempre a incentivou com elogios e que as duas sempre se ajudam nesse sentido. Além disso, ela comentou sobre o sentimento de autoconfiança e contou que depende do dia.

“Nós ajudamos uma a outra nesse sentido. Minha mãe sempre fala que tenho um corpão, e eu a chamo de gata. Eu também tento incentivar a Olivia [irmã de 10 anos] porque ela está entrando pré-adolescência”, contou.

“Sobre a autoconfiança, tenho dias e dias. Às vezes acordo me sentindo poderosa, às vezes estou me sentindo um lixo. Na internet, só publicamos o lado bom. Apesar de achar importante mostrar que posso me vestir como quero, também gosto de deixar claro que nem só de coisa boa é feita a rotina”, disse a jovem.

Filha de Flávia Alessandra se lamenta

Nas últimas semanas, Giulia reclamou sobre seu desempenho na faculdade. Isso porque, ao concluir o curso de cinema, ela percebeu que não conseguiu ter um bom aproveitamento por causa da pandemia de covid-19. A jovem lamentou e confessou que isso lhe doeu.

“Estou mal, pois agora só tenho mais um semestre. Não aproveitei a faculdade como eu deveria aproveitar. Eu sei que vocês não falar: ‘Giulia, não adianta reclamar, não é só você que está passando isso’. Eu sei. Eu vou seguir o resto da minha vida reclamando por isso, porque ainda não aceitei isso. Podem me chamar de ingrata, do que for, mas é algo que me dói muito ainda pensar que não aproveitei nada da minha faculdade”, declarou a filha de Flávia Alessandra.

MAIS LIDAS

Vitor Peccoli
Publicitário formado pela Faculdade Pitágoras e roteirista pela Casa Aguinaldo Silva de Artes. Atua no jornalismo de TV e famosos desde 2013.
Veja mais ›