Gizelly Bicalho questiona atitude de Pyong e revela mágoa do ex-BBB

publicidade

No BBB 2020, Gizelly Bicalho e Pyong Lee tinham um laço de amizade muito forte. No entanto, a relação entre eles ficou estremecida após o fim do reality. Dois anos depois, a advogada revela que guarda mágoa do hipnólogo e questiona algumas atitudes que ele teve no programa.

“Falei para o Daniel [Lenhardt] que queria conversar com o Pyong, que me ligou de um outro número dizendo que gostava de mim, mas não poderia conversar comigo. Depois disso nunca mais. Fui chorando do Rio até Vitória”, relembrou ela, em conversa com a jornalista Eligia Aquino Cesar, do Gshow.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Sem compreender o afastamento de Pyong Lee, a advogada tenta enxergar algo positivo nessa ruptura. “Minha avó sempre fala que ‘coração é terra que ninguém pisa’. Será que ele era realmente pró-feminista ou usou daquela situação para se aproveitar de pessoas que estavam ali umas pelas outras, num momento de sororidade feminina que passamos no BBB, querendo apenas surfar na onda? Isso nunca vou saber”, declarou Gizelly Bicalho.

“Não temos contato”

O assunto também foi pauta durante participação de Gizelly Bicalho no podcast “Link Podcast”, em fevereiro deste ano. Na época, ela comentou pela primeira vez que não tinha mais contato com Pyong Lee e pegou muitos fãs de surpresa.

“Não temos contato. Essa foi uma dor quando eu saí, que eu vim chorando do Rio de Janeiro… Ele me disse que não podia falar comigo, só isso que eu tenho para dizer. Eu saí [do reality] tentando falar com ele, tipo assim: ‘Estou famosa, como assim? O que está acontecendo?’. E ele disse: ‘Eu gosto muito de você, mas não posso falar com você’. E esse foi o único contato que eu tive com ele em dois anos”, comentou ela.

A advogada não escondeu o quanto isso a deixou magoada, já que gostava muito do rapaz e não esperava esse afastamento pós-BBB. “Isso me magoou muito por muito tempo. Eu chorava na viagem, na minha casa, e pensava: ‘Será que vivi uma mentira durante dois meses? Será que foi uma amizade unilateral?'”, desabafou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Na mesma entrevista, Gizelly Bicalho ressaltou que ficou preocupada com a possibilidade das pessoas interpretarem a amizade deles de uma outra maneira e confundirem o sentimento “fraternal”, com algo mais “sexual”. Mesmo diante das declarações da ex-BBB, Pyong Lee nunca se pronunciou publicamente sobre o afastamento de sua ex-colega de confinamento.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›