Globo vende Pantanal como “novela do ano” e ignora fiasco

Alanis Guillen interpreta Juma Marruá no remake de Pantanal (Foto: Reprodução/Globo)
Alanis Guillen interpreta Juma Marruá no remake de Pantanal (Foto: Reprodução/Globo)

A Globo apresentou nesta quarta-feira (30) suas novelas na NATPE, evento que reúne produtores e distribuidores. O principal produto ofertado pela emissora ao mercado internacional foi Pantanal, tratada como a “novela do ano”. Considerada um fiasco, Nos Tempos do Imperador foi ignorada.

Na apresentação, a qual o Entretê acompanhou, a Globo destacou Pantanal e exaltou como um dos “maiores sucessos de todos os tempos” no Brasil. A trama foi apresentada como uma história épica ambiental, uma super produção com uma batalha entre a realidade e o místico, além de muito romance.

Globo exalta Pantanal

No vídeo destinado ao mercado internacional, a emissora exaltou o elenco estelar e as imagens espetaculares da trama. Destacando a parte ambiental, vendeu a produção tendo a natureza como verdadeira protagonista.

A Globo destacou por que Pantanal deve ser considerada “a novela do ano”. Os motivos apresentados foram: 1) a natureza como protagonista; 2) uma saga familiar épica; 3) personagens fortes; 4) paixões avassaladoras.

As outras novelas também foram apresentadas. A única exceção ficou por conta de Nos Tempos do Imperador. Considerada um fracasso e muito criticada, a novela de Thereza Falcão e Alessandro Marson foi ignorada.

Para apresentar Um Lugar ao Sol, recém encerrada na faixa das 21h, a Globo se escorou em A Vida da Gente. A apresentação destacou que a novela é escrita por Lícia Manzo, a mesma autora da trama de 2011. E isso tem um motivo: A Vida da Gente fez sucesso no mercado internacional e se tornou uma das novelas mais exportadas.

Atual novela das sete, Quanto Mais Vida Melhor teve Giovanna Antonelli em destaque. A atriz apareceu como “fator estrela”, sendo colocada como uma artista de “renome mundial”. Folhetim das 18h, Além da Ilusão foi destacada como uma história que usa o amor como mensagem, atitude e redenção.

Versão internacional

Para o mercado internacional, no entanto, as novelas da Globo tem versões diferentes, mais curtas. Chamada de Uma Vida Para Morrer, Quanto Mais Vida Melhor contará com 70 capítulos de uma hora de duração. No Brasil, a produção tem 161 capítulos, com a duração de cada um em torno de 40 minutos.

Intitulada de Em Seu Lugar na versão em inglês, Um Lugar ao Sol também terá 70 capítulos com uma hora de duração. Originalmente, a trama de Lícia Manzo tem um total de 119 capítulos que variam entre 35 minutos e 1h05.

Prevista para ter mais de 160 capítulos na Globo, Pantanal está sendo vendida internacionalmente como uma novela de 100 capítulos, com cada um deles tendo duração de uma hora.