Gretchen escolhe vestido recortado para evento e elegância ganha elogios

publicidade

A cantora Gretchen chamou atenção ao escolher um look bem provocante para participar de uma evento de luxo na cidade de São Paulo. A famosa dividiu alguns registros com os fãs e foi muito elogiada.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Na postagem, a morena apareceu com um vestido branco sensual, que contava com uma fenda profunda. A peça em questão acabou deixando em evidência que a artista preferiu não usar nenhuma lingerie por baixo.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Hj é dia de comemoração. Mais uma vitória do meu amigo @igoorcostalves inaugurando a clínica em Sp @clinicatransformandofaces”, disse a famosa na legenda da foto, a qual aparecia agarradinha com seu esposo, Esdras de Souza.

Nos comentários, os fãs da mãe do vereador Thammy Miranda não economizaram nos adjetivos para elogia-la. “James bond do sax passando na sua timeline 😂 lindooos❤️”, brincou o filho da cantora, Gabriel Miranda.

“Tá arrasando demais”, disse um admirador da eterna rainha do rebolado. “Que legal!! Maravilhoso look!! Me empresta!”, pediu uma seguidora. “Que vestido chique é esse? bem sexy, parabéns para os dois”, escreveu mais uma.

publicidade

Gretchen foi vítima de violência doméstica

Com vários casamentos no currículo, Gretchen nunca negou que é uma mulher que não desiste do amor. Apesar de sua desejo de mudança, a famosa confessou que já passou por situações dolorosas em alguns relacionamentos.

publicidade

Em conversa com a revista Quem, a eterna rainha do rebolado contou que já sofreu mais de uma vez com agressões psicológicas e físicas em alguns casamentos. Ela afirmou que na época não era comum fazer denúncias do tipo.

“Eu passei por violência doméstica de todo tipo. Fui agredida fisicamente, psicologicamente e emocionalmente, de todas as formas. Em alguns relacionamentos menos tempo e em outros mais. Eu tive que me anular várias vezes como artista para evitar as agressões. Inclusive ele colocava uma pessoa no meu escritório para controlar os meus shows, mentir que as minhas datas estavam ocupadas para os contratantes e assim eu não poder trabalhar. Já vivi sete anos com isso”, iniciou a rainha do rebolado.

“Mas nunca precisei procurar ajuda. Eu percebia que aquilo não era uma coisa correta, mas a gente foi criada em uma sociedade que dizia que isso era normal, que não era para você contestar isso.  Na minha época não existia isso de denunciar. Era uma cultura de que a mulher apanhava do marido e isso era uma coisa normal. Uma ideia que passavam de geração em geração. Então, por isso, fui levando até o momento em que eu amadureci e fiquei mais forte. Eu mesma tomei a decisão”, contou ela.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›