Gretchen é criticada ao revelar sua nova profissão

Gretchen (Imagem: Reprodução / Instagram)

Gretchen anunciou um novo trabalho. A rainha dos memes, e antiga rainha do rebolado agora vai trabalhar como coach de vida. Isso mesmo.

Segundo a própria anunciou em uma live promovida pela revista Quem, ela pretende ajudar as pessoas dando conselhos a elas sobre diferentes situações.

O problema é que ao anunciar a nova atividade profissional, Gretchen recebeu uma chuva de comentários negativos, e pessoas que disseram que ela não tinha moral alguma para querer ganhar dinheiro ensinando pessoas como viver melhor.

A morena não gostou nadinha de ser apontada desta forma nas redes sociais, e não deixou barato. Decidiu responder também em um bate-papo com a mesma revista.

“Quero ver quem vai me proibir. Eu já disse que não sou terapeuta, e não sou mesmo. Mas eu tenho a experiência de vida que muitos deles não têm”, começou.

Experiência

“Eu vivi coisas na minha vida que muitos deles não viveram. Eu perdi um filho. Meu filho morreu nos meus braços. Eu adotei filhas. Tive problemas seríssimos de violência doméstica. Sempre sustentei meus filhos sozinha. Sou independente financeiramente e emocionalmente. Aí, vieram me falar: ‘o que ela tem para ensinar? A largar marido?’. Vou sim. Vou ensinar a mulherada a parar de acreditar em falsas coisas”, disparou.

“Não tenho formação como psicóloga e psiquiatra e não vou fazer terapia em ninguém, porque não sou terapeuta”, continuou.

“Respeito o trabalho de todos esses profissionais, mas uma coisa não anula a outra. Vou atender como coach para dar conselhos baseados na minha experiência de vida, como já vinha fazendo nas minhas redes sociais. Vivi muita coisa minha vida e compartilhar essas experiências podem ajudar o outro a viver melhor, sim. Meu serviço é de coach”, disse ela que oferecerá o serviço tanto de forma online como de forma presencial.

Mas isso não é uma novidade na vida de Gretchen. Ela já vende palestras para grupos, e empresas, e disse que acredita que abrindo o leque de trabalho conseguirá fazer com que as pessoas se abram sobre seus problemas com ela de forma individual, algo que não fariam em frente a uma plateia.

A ideia veio do marido, Esdras Souza, que via a esposa respondendo aos dramas pessoais de seus seguidores.

“Ele me via sempre respondendo as pessoas no Instagram e me sugeriu. Vejo muito direct: ‘Meu filho é gay e não sei o que fazer’. E o filho também: ‘Quero contar para a minha família que sou gay’. Tenho experiência vasta para entender as pessoas. Isso é um processo. Não é uma coisa que simplesmente se joga e acontece. É um processo que os dois constroem juntos, pais e filhos. Vou também falar sobre autoestima, amor próprio, adoção, tenho duas filhas adotadas, entre outros assuntos”, disparou.

Veja mais ›