Gustavo reclama de vitória de Arthur no BBB 2022: “Não gostei”

BBB 2022 acabou nesta semana, mas ainda ganhou um novo capítulo na quinta-feira (28). A Globo exibiu o BBB Dia 101, em que todos os participantes (com exceção de Rodrigo Mussi, que ainda está se recuperando de um acidente) se reencontraram na casa mais vigiada do Brasil.

Durante a atração, o apresentador Tadeu Schmidt conversou com os brothers e perguntou para Gustavo Marsengo o que ele achou da vitória de Arthur Aguiar. E o participante não negou sua insatisfação.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Não gostei. Não gostei por vários motivos, não é só porque eu não ganhei não. Eu acho que muitas pessoas que saíram antes do programa deveriam estar no programa”, disse.

81% de rejeição

Em outro momento, Gustavo diz que Linn da Quebrada deveria estar na grande final do reality show e afirma que ela não deveria ter sido eliminada com rejeição.

“Cito a Lina. A Lina não poderia sair com 77% de rejeição como ela saiu. Eu tô procurando meus 81% de rejeição também, porque onde eu encontro alguém todo mundo só fala que elogiou. Mas eu como jogador, aceito que um jogador ganhou”, comentou.

Por fim, Gustavo disse que Arthur foi um bom jogador no programa. “Então é óbvio que eu queria que o PA ou DG ganhassem, mas eu em relação a jogo eu entendo que o Arthur jogou mais que PA e DG. Mas eu reconheço o mérito dele, porque ele jogou com a estratégia dele e ganhou. Não tem nem o que falar”, encerrou.

O jogo de Arthur

Ao deixar a casa mais vigiada do Brasil e participar do programa Bate-Papo BBB, comandado por Rafa Kalimann, Gustavo falou a respeito do jogo de Arthur Aguiar e comentou que não deve manter uma amizade com o ator.

A gente tem jeitos muito diferentes. O Arthur é muito fechado, ele leva tudo muito para o pessoal, e isso não me agradava. Confesso que tanto que aqui fora eu não vejo tendo muito contato com ele. A gente tem jeitos, vidas e gostos muito diferentes”, afirmou.

Em outro trecho, ele relembra que o famoso foi para o paredão mais uma vez e voltou a ficar de cara fechada. “A última vez que ele teve risco de sair do paredão foi com a Jade, mas ele quis pintar um cenário que a gente tinha combinado de votar nele. Não considero incoerente, mas talvez o público tenha visto como uma forma de não se comprometer”, finalizou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›