Harry Styles fala sobre cena intensa com David Dawson em filme

Apesar do sucesso no mundo da música, o cantor Harry Styles, de 28 anos, também vem chamando atenção do público ao estrelar filmes. Ainda neste ano, por exemplo, o artista poderá ser visto no longa ‘My Policeman’, onde viverá um romance com o personagem de David Dawson, conhecido por sua atuação nos seriados ‘The Last Kingdom’ e ‘Peaky Blinders’.

Em entrevista ao The Howard Stern Show (via Variety), o artista pop comentou sobre a experiência de gravar sequências mais intensas e também sobre as cenas que irá protagonizar no filme. “Me senti vulnerável. Nunca tinha beijado alguém em frente a uma câmera”, afirmou Harry.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Eu fiquei nu e não tem pênis no corte final, mas tem bunda. Acredito que a parte mais importante é ter confiança. Se você conversar direito com muito envolvido, ajuda bastante”, explicou ele, que disse ainda, ter negociado previamente que seu órgão genital não seria exibido no filme. “Se você falar sobre isso corretamente com todos os envolvidos [isso ajuda].”, garantiu.

O artista destacou também, o profissionalismo que há em um set de filmagens: “Se você se lembrar que a coisa mais importante no set são os dois seres humanos fazendo isso. Se em algum momento qualquer um de vocês estiver desconfortável, acho que ter uma conversa do tipo: ‘Não importa se eles estão filmando partes ótimas, se você não se sentir bem, me diga e vamos parar’.”, explicou.

“Atuar é meio desconfortável às vezes. Você tem que confiar muito. Requer muita confiança se você quiser dar tudo [de si]. Poder confiar no seu diretor é um presente. Isso foi muito útil. Realmente foi uma experiência muito boa trabalhar nesse filme.”, acrescentou Harry Styles.

Mick Jagger dispensa comparações com Harry Styles

Não é de hoje que existem comparações entre artistas novos com nomes antigos da indústria musical. É o caso, por exemplo, de Harry Styles, que sempre é comparado com Mick Jagger. No entanto, em entrevista recente, o vocalista da banda Rolling Stones criticou essas supostas semelhanças.

“Eu gosto do Harry – nós temos um relacionamento fácil. Eu usava muito mais maquiagem do que ele. Vamos lá, eu era muito mais andrógino.”, declarou o artista ao jornal The Sunday Times. “Ele não possui uma voz como a minha ou se mexe como eu. Ele só tem uma semelhança superficial a como eu era na minha juventude, o que está tudo bem. Ele não tem culpa disso.”, acrescentou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›