Inês Brasil causa ao mostrar demais na Parada LGBT

publicidade

Inês Brasil, cantora e celebridade icônica da internet, foi um dos destaques da Parada LGBTQIAP+ que aconteceu em São Paulo, no último domingo (19). Além de agitar o público com suas frases e discursos marcantes, a artista também chamou atenção ao mostrar demais durante o desfile.

Na ocasião, Inês subiu no trio elétrico com a cantora Ludmilla e lá, resolveu fazer topless, ficando com seus enormes seios siliconados totalmente em evidência. O momento, claro, rapidamente viralizou nas redes sociais e a famosa mais uma vez foi parar entre os assuntos mais comentados.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Veja algumas fotos do momento:

publicidade

publicidade

publicidade

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Passado de prostituição

Em tempo, Inês concedeu uma entrevista à revista Quem, onde relembrou detalhes do seu passado. Na ocasião, ela contou sobre a época em que se prostituía na Alemanha.

“Poderia estar milionária, com vários carros importados. Desde os 22 anos, ganhando muito dinheiro na prostituição até os 43 anos, quando vim ao Brasil me apresentar para ser cantora. Ganhava no bordel, três, quatro mil reais por dia. Era a número um, a maior prostituta da Alemanha. Todo mundo pedia para eu ser a Globeleza, mas eu queria ser prostituta”, contou ela.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›