Irmã de Paulo Gustavo posta última foto com ator e faz homenagem

publicidade

Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, usou seu perfil do Instagram nesta terça-feira (11), para fazer uma homenagem ao comediante, que morreu no último dia 4 de maio, vítima de complicações do covid-19.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Na publicação, a produtora, que trabalhava na equipe do humorista, compartilhou a última foto que tirou com o irmão, pouco antes dele falecer na UTI do Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Sim, meu irmão tratava todas as questões políticas com amor, leveza, alma, alegria e humor! Ele me dizia que o humor que ele fazia, iria transformar até o intransformável. Ele era muito otimista! Que um dia iriam existir mais pessoas boas do que ruins!”.

“Não deu tempo pra ele estar com todos nós nessa vida terrena, sentindo na prática todo esse movimento e evolução pelo que ele tanto LUTAVA. Ele ficava tão feliz com cada pessoa que escrevia pra ele dizendo que ele a tinha curado disso e daquilo!”.

Em outro trecho da mensagem postada por Juliana, ela falou sobre o amor que ela sentia por Paulo e o quanto ele conseguiu conquistar vários dos seus sonhos em pouco tempo de carreira.

“Eu te amo tanto irmão. Talvez você soubesse, no seu inconsciente, que a sua passagem por aqui seria rápida! Só consigo pensar nisso, na sua rapidez de acontecer logo o que você tanto queria, pra você poder assistir a tudo isso! O seu sonho! TODAS as pessoas realizadas, todas as pessoas felizes e sem passar perrengue! Você sempre uniu todos os amigos e todos nós viramos amigos e vamos continuar assim, porque o seu AMOR está em todos nós!”.

Paulo Gustavo faleceu logo após passar mais de um mês em uma UTI. O artista foi diagnosticado com uma embolia pulmonar em um estado irreversível. O comediante também passou algumas semanas fazendo um tratamento que contava com um pulmão artificial.

publicidade

Desabafo da família

publicidade

Neste último domingo (9), Juliana e sua mãe, Déa Lucia, deram entrevista ao fantástico e contaram um pouco como estavam conseguindo lidar com o falecimento de Paulo Gustavo.

A produtora apareceu inconsolável enquanto conversava com Renata Ceribelli e disse, em lágrimas, que o irmão era “sua metade”.

“Eu estou assim 24hs, 53 dias. Ele é minha metade. A gente é melhor amigo. Minha mãe é uma rocha. Eu deveria estar consolando ela, mas ela que faz isso 24hs por mim”, disse Juliana.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›