Isis Valverde surge com roupa justinha e tatuagem em flagra

publicidade

Separada recentemente, Isis Valverde foi vista levando o filho à escola no Rio de Janeiro. O flagra aconteceu no momento em que a atriz deixava o filho, Rael, na escola.

Usando roupa de ginástica, Isis foi clicada no momento em deixou o herdeiro na porta da escola que ele frequenta, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Com parte do corpo à mostra, a artista exibiu tatuagem que fica em local escondido. Confira as fotos a seguir.

Fim do casamento

Isis terminou o casamento de três anos com André Resende. Em entrevista à revista Ela, ela falou da separação e mostrou que tem lidado bem com a situação.

“Acho que a gente ainda tem essa ideia de que um relacionamento que termina não deu certo. Claro que deu certo, só que os sentimentos podem se transformar. Não tem problema nisso”, declarou.

A atriz afirmou ainda que não deixa o medo dominar sua vida. “Para mim, é importante que possamos buscar nossa felicidade, e continuarei acreditando nisso. Todo fim traz a possibilidade de um recomeço: seja no amor, na vida, no trabalho… Acho que não podemos nos acomodar por medo, disse.

Isis Valverde barrada

publicidade

Já no mês passado, Isis passou por uma situação complicada durante viagem aos Estados Unidos. Ela relatou nas redes sociais que foi barrada de maneira grosseira na entrada de um restaurante e ficou indignada.

“Cheguei ao restaurante, eu e minhas amigas, o cara olhou nossa roupa e falou que a gente não podia entrar, porque estava de jeans largo e que meu jeans estava rasgado”, contou.

publicidade

“Não estava de salto alto, calça apertada ou vestido de gala, a mulher não deixou a gente entrar, o cara não deixou a gente entrar. Foi super grosseiro, a gente morrendo de fome, acabou de chegar de viagem. Foi horrível, me senti péssima, lamentou a atriz.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Na ocasião, Isis disse acreditar que foi vítima de machismo no estabelecimento. “Eu não acreditei. O cara foi super grosseiro, julgando a gente. Eu tinha que usar um jeans justo porque eu sou mulher, não podia usar um jeans baggy [mais largo]”, reclamou ela.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›