Jade Picon se diverte ao provocar admiradores com vídeo na academia

publicidade

A influenciadora Jade Picon gerou o maior burburinho nas redes sociais após viralizar com um vídeo provocativo no Tiktok. Na ocasião, ela apareceu se divertindo ao mostrar o que as pessoas mais se interessam em seu corpo.

No vídeo em questão, a ex-participante do Big Brother Brasil aparece na academia ostentando o corpaço. Ela, então, confessou que costuma ser muito assediada por conta do seu bumbum.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“kkkk entrei pra trend”, disse ela na legenda da postagem, que acabou virando uma tendência entre os influenciadores da plataforma. O vídeo da famosa rendeu quase 1 milhão de curtida e diversos comentários dos fãs, que se derreteram pela morena.

Essa é a personalidade que o Paulo André encontrou em você?”, brincou um fã, falando sobre o affair que a gata teve com o esportista no BBB 22. “Jade Picon do céu, manda a receita pra ter esse corpo da note pro dia, por favor?”, pediu outra admiradora.

@jadepiconkkkk entrei pra trend 🍑♬ I Love You by Young Slo Be – ʚ❤︎ɞNanami’s Wifeʚ❤︎ɞ

Caso sério com sindicato

publicidade

Em tempo, agora Jade Picon está se preparando para estreia como atriz na novela Travessia, próxima produção das 21h da TV Globo. Apesar da novidade, a escalação da ex-BBB gerou o maior burburinho nos bastidores da emissora.

A repercussão gerou revolta e altas críticas, fazendo a Globo precisar do aval do sindicato dos atores para que a influenciadora pudesse entrar na novela. Após a autorização, o Sated-RJ revelou que Jade terá que pagar ao órgão um valor que equivale a 5% do seu salário.

publicidade

“Tem um percentual que é pago quando há o pedido de autorização especial, que é de 5% da remuneração da pessoa”, disse Hugo Gross, presidente do sindicato ao site Em Off.

Gross continuou afirmando que Jade está legalmente permitida a atuar na novela global, porém com algumas ressalvas.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Continuamos a defender o registro profissional com unhas e dentes e vamos defender sempre. O Sated dentro da Lei 6533/78 não tem poder de polícia, mas dentro da lei existe uma lacuna, em que qualquer empresa de teatro, de cinema ou de teledramaturgia, que seja de shows, tem o direito a um número específico de cada produto. Por isso, existe autorização especial para aquele produto. Nesse caso da Jade Picon, nós demos uma autorização especial e específica para aquele produto, válido para o período que foi pedido“, esclareceu Hugo Gross.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›