Jojo Todynho toma atitude chocante envolvendo a mãe: “Minha avó que me criou”

Jojo Todynho
Jojo Todynho comenta sobre a mãe e detalha (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem: Entretê)

Enquanto boa parte dos brasileiros estavam curtindo os festejos do Carnaval, a cantora Jojo Todynho apareceu nas redes sociais para conversar com os seguidores sobre uma situação que envolve a mãe.

Na madrugada desta sexta-feira (17), a artista contou que vai retirar o nome da matriarca da certidão de nascimento, porque flagrou a mãe a chamando de “ordinária” em troca de mensagens com o ex-marido Lucas Souza. Antes que saísse nas redes sociais ou em veículos de comunicação, Jojo resolveu revelar aos fãs o que aconteceu.

A famosa disse que quem a criou foi a avó, que deu educação, amor, amparo e carinho. A dona do hit “Que Tiro foi Esse” ainda reforçou que, devido ao seu trabalho duro, terá de ter um filho o mais rápido possível para que a mãe não fique com o seu dinheiro.

“Quero muito ser mãe, porque se eu não deixar herdeiro, essa senhora pode tomar conta de tudo meu. Não pode deixar isso. Nem minha avó que me criou sabe como funciona a justiça. Nem quem me criou tem o direito de ficar com o que é meu, revelou a artista nas redes sociais.

Medida protetiva

A briga envolvendo Jojo Todynho e Lucas Souza tem ficado cada vez mais acalorada nas redes sociais. Isso porque o ex-marido da famosa contou que reverteu a medida protetiva que a artista conseguiu no final de 2022. O militar revelou em entrevista que a cantora apresentou provas falsas à polícia.

Segundo o influenciador, Jojo Todynho teria editado conversas do WhatsApp durante o processo e acabou perdendo a medida protetiva. Lucas, percebendo que havia alguma informação desconexa na conversa, mostrou a versão sem edição à polícia e comemorou o resultado.

Ele contou que o advogado de defesa entrou com um pedido para o recurso cair porque não tinha provas suficientes e que em nenhum momento do relacionamento ou do fim do casamento, o ex-marido teria ameaçado a cantora.

“A delegada ficou ao meu favor. Que humilhação! Eu não mereço isso pra minha vida, estar respondendo a um processo de agressão. A delegada até começou a orar pra me acalmar e falou: ‘Calma! Deus sabe de todas as coisas, você sabe que poderia ter sido pior'”, disse ao podcast “Não É Nada Pessoal”, no YouTube.