José de Abreu revela que foi abusado na adolescência

O ator José de Abreu, de 75 anos, revelou em sua autobiografia intitulada “Abreugrafia – Livros I e II”, que foi abusado sexualmente na adolescência. Segundo o artista, o abuso ocorreu no Seminário Menor Maria Imaculada, em Ribeirão Preto, quando ele cursava o segundo ano do antigo ginásio.

“Foi durante uma sessão de ‘Marcelino pão e vinho’ que o prefeito se sentou ao meu lado, esperou a sala ficar escura, abriu minha braguilha, enfiou a mão dentro das minhas calças e começou a me masturbar no momento em que Jesus aparecia. Fiquei apavorado! Queria que aquilo acabasse logo, mas a cena foi insuportavelmente longa. Ele com a mão esquerda no meu pinto e a direita dentro do bolso da sua calça, certamente furado para que ele pudesse se masturbar ao mesmo tempo. E depois? Como comungar com um pecado desses na consciência?”, revelou o ator em um trecho do livro divulgado pelo jornalista Zean Bravo, do jornal Extra.

Dificuldades financeiras

Em outra parte da autobiografia, José de Abreu também comentou sobre uma fase difícil da sua vida, em que enfrentou dificuldades financeiras.

“Minha grana estava no fim. Dei preferência ao aluguel, e a comida ficou em segundo plano. Comprava aqueles quadradinhos de caldo de carne ou galinha Maggi ou Knorr, pedia na padaria “pão de ontem para torrar” e fazia aquele caldo com o pão velho. Ficava uma gororoba consistente, só o gosto não era tão bom. E passei fome. Várias vezes”, afirmou o artista, atualmente no ar em ‘Um Lugar Ao Sol’, novela das nove.

Encontro com Vera Fischer

Em outro trecho do livro, o ator revela um encontro quente que teve com a atriz Vera Fischer. Segundo ele, os dois começaram a se pegar no meio de um restaurante.

“O restaurante foi esvaziando e, quando acabamos de jantar, não tinha mais quase ninguém. Durante todo o tempo notei que Vera estava a fim de mim. ‘Oba’, pensei. Mas não me atrevi a atacar. Quando fui ao banheiro, a Liège (Monteiro, promoter e empresária) me disse mais ou menos assim: ‘Ela cismou que quer ficar com você hoje’. ‘Ok, pode me usar à vontade’, disse. Quando voltei à mesa olhei bem no fundo dos seus olhos, segurei seu rosto com as duas mãos e mandei: ‘Quero você’. Eu sabia que Vera se sentiria muito melhor sendo escolhida do que escolhendo. Começamos a nos pegar ali mesmo, beijos, abraços, toques, loucura, e os garçons ali. Fomos para a casa dela, se não me engano a casa onde morara com o Perry (Salles, ex-marido da atriz). E tive uma das mais lindas noites de amor da minha vida”, garantiu José de Abreu.

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›