Juju Salimeni cita síndrome do pânico e desabafa

Musa fitness de sucesso, Juju Salimeni tem usado com frequência o espaço de suas redes sociais para falar sobre temas importantes. Recentemente, a influenciadora digital abriu uma caixinha de perguntas em seu Instagram e respondeu várias curiosidades dos internautas. Entre elas, a ex-panicat abriu o coração e falou como lida com as crises de pânico em eventos.

“Como é para você que tem síndrome do pânico lidar com muitas pessoas ao seu redor”, questionou um usuário. “Uma coisa que ninguém sabe: por causa da síndrome do pânico eu sempre fico ultranervosa na chegada de um evento e até durante. Tenho taquicardia, suor frio, várias sensações, mas sei lidar e ninguém percebe“, contou ela. 

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Falou sobre intolerância religiosa

Em outra conversa com os seus seguidores nas redes sociais, Juju Salimeni relembrou uma ocasião na qual foi vítima de intolerância religiosa. A famosa contou que foi exposta nacionalmente por uma pessoa famosa:

“Você já foi vitima de intolerância religiosa? Se sim, qual foi a sua reação?“, perguntou um internauta. “Fui exposta nacionalmente com acusações e falas preconceituosas de uma pessoa famosa. Naquela época não era crime e a pessoa ficou impune, mas entrei com processo e a pessoa ficou impedida de falar meu nome”, confessou a musa fitness.  

“Minha saúde mental foi seriamente afetada e  a partir daí, comecei a ter síndrome do pânico. Precisei de tratamento psiquiátrico para ficar bem. Naquela época intolerância religiosa não era crime e a pessoa ficou impune. Mas eu entrei com processo e a pessoa fico impedida de falar meu nome”, desabafou.

Desabafo

Há algum tempo, Juju Salimeni escreveu uma carta para si mesma em suas redes sociais. No seu desabafo, a ex-panicat recordou vários momentos delicados de sua trajetória:

“Você se lembra de quando achava que iria ficar para sempre naquela empresa com aquele chefe que você detestava? A sensação era de que você estava presa e todos os dias pensava em se demitir, mas não se demitia. A boa notícia é que você saiu de lá e está muito mais feliz agora. Você se lembra de quando achava que o seu coração partido nunca ia se curar? A sensação era de que você seria sufocada por aquele amor e nunca mais se relacionaria com ninguém. A boa notícia é que você descobriu que existem outros amores por aí. E aprendeu a se apaixonar novamente”, escreveu ela na carta publicada em sua conta do Instagram.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Veja mais ›