Juju Salimeni fala sobre não usar algo e abre o jogo

publicidade

Depois de dizer aos fãs que não deseja se tornar mãe, Juju Salimeni usou os stories do Instagram para contar que não gosta de usar calcinha e sutiã. Tudo teve inicio após justificar o motivo de não ter usado o look da festa de 35 anos, com uma lingerie.

“Não entendo nem por que isso é uma questão tão polêmica. Se tá ou não tá de sutiã ou calcinha, o que muda? Para mim, isso não faz a menor diferença. Sutiã, por exemplo, esquece. Se abrir minha gaveta, vou ter uns dois nudes bem feios, bem podres, só caso eu esteja com uma roupa extremamente transparente. Senão, eu não uso em hipótese alguma”, disse.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

De acordo com a ex-panicat, o fato dela não usar as roupas íntimas não faz diferença em sua vida. “Em casa eu não uso nenhum tipo de lingerie. Na rua eu uso, claro, porque é uma questão de conforto. Mas, se algum dia eu quiser não usar, não vou usar. Isso para mim não faz a menor diferença. Quero deixar claro que não estou nem aí. Pra mim, zero polêmica”, destacou.

Novo ciclo

Solteira, Juju Salimeni celebrou no último fim de semana, a chegada dos 35 anos. Com um texto de desabafo, ela aconselhou os internautas para vivam intensamente e sem medos.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“E de repente… 35! Como o tempo passa, como a vida passa e como eu sinto que tô só começando a viver! Não tenho tanto tempo assim de vida mas uma coisa que já posso afirmar e aconselhar vcs é: não espere o amanhã pra ser feliz, não espere o próximo ano, não espere até o final da faculdade, não espere até conseguir o emprego dos sonhos, não espere até casar, não espere. A felicidade mora no caminho, não no fim! E o fim a gente nunca sabe quando será! Viva”, falou.

Assédio

Já em conversa ao podcast Jota, a influencer que já foi cotada para o BBB e A Fazenda, disse que quando relembra a época que trabalhou no pânico, percebe que sofreu muito assédio sexual.

publicidade

“Acho que abuso sexual, muitas mulheres passaram. Abuso psicológico eu arrisco a te falar que 100%. Pouquíssimas não passaram. Hoje eu reconheço. Classifico o que eu passei no Pânico como abuso total. Era assédio moral, por você estar ali sendo humilhada. Tem jeitos e jeito de brincar. Hoje as mulheres conquistaram um espaço maior e respeito. Hoje é inadmissível tratar uma mulher do jeito que eles tratavam. Era um assédio moral o tempo inteiro”, desabafou.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›