Juju Salimeni revela momentos difíceis com depressão

Juju Salimeni foi uma das convidadas do programa “Sensacional”, com Daniela Albuquerque na Rede TV, e comentou sobre o diagnóstico de depressão que recebeu após o seu divórcio com o personal trainer Felipe Franco. Segundo ela, as coisas não foram nada fáceis.

“Demorei muito para perceber e acho que por isso [a doença] ficou tão ruim depois. Não queria sair, encontrar pessoas, eu ia para a academia, trabalhar e só. Depois que me separei que eu vi que estava com depressão, mas antes de terminarmos eu já estava”, começou ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Em seguida, a influenciadora revelou que quase perdeu grandes contratos, por causa da doença que estava ainda mais intensa. “Tem uma marca que está comigo há seis anos que me falou: ‘Olha, eu não deixei você porque sei do seu potencial, mas foi difícil segurar’. Eu não cumpria prazos, datas, horários”, contou.

Ao concluir, a famosa declarou que quando era adolescente, sofria com a aceitação de seu corpo. “Sempre fui a mais feia da classe. Era bem magra, só que meu problema não era ser magrinha. Acho que era todo o conjunto: meio esquisitona, alta demais, desengonçada. Quando fiz 16, um amigo me levou para a academia”, relembrou.

Desabafo

Vale mencionar que, não foi a primeira vez que Juju Salimeni falou abertamente sobre o quadro de depressão que vivenciou há alguns anos. Nas redes sociais, ela contou de forma detalhada, a forma que se sentia ao lidar com o problema diariamente.

Eu tive depressão. Começou com crise de ansiedade por causa de estresse e pressão. Depois foi se desenvolvendo para uma síndrome do pânico, que durou muito tempo e, quando dei por mim, já estava em depressão. Tem dez anos que tive minha primeira crise de pânico na vida. Desde então, faço tratamento psiquiátrico e tomo remédio para ansiedade todos os dias. Controlo isso e vivo normalmente. Mas há quatro anos comecei a entrar numa fase de depressão que não sabia que era depressão. Não entendia bem o que era”, relatou.

Na sequência, ela argumentou que não conseguia fazer nenhuma atividade com vontade ou com um bom desempenho. “Acordava cansada e só fazia minhas tarefas por obrigação. Meus trabalhos, eventos, treino… tudo por obrigação, nada por prazer. Tinha um sono absurdo! Fazia as coisas e voltava para a cama. Saía para trabalhar e não via a hora de chegar em casa para deitar na cama. O único momento em que eu me sentia tranquila era deitada na cama, no  meu quarto”, apontou a estrela fitness.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›