Juju Salimeni surpreende ao relembrar casamento com Felipe Franco

Juju Salimeni ficou 14 anos ao lado de Felipe Franco, e não enxerga problema em relembrar o casamento. Nessa sexta-feira (08), ela foi questionada por um fã se nos dias de hoje insistiria na relação de quase 15 anos, e revelou que se tratava de um relacionamento tóxico.

“Com a cabeça que tem hoje, você Juju teria ficado em um relacionamento por 14 anos?”, perguntou um internauta. “Com certeza não! Explico: não adianta dar murro em ponta de faca ou lutar quando o relacionamento já se tornou tóxico para ambos. Muitas vezes a separação é a melhor escolha em nome da saúde mental do casal. Soltar dói menos do que forçar pra segurar, mas infelizmente esse conhecimento a gente só adquire com maturidade”, revelou ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Pergunta polêmica

Nos últimos dias, Juju Salimeni respondeu sobre usar sutiã, e disse não entender o motivo de insistirem no mesmo assunto. Direta e reta, ela revelou que deve ter somente dois em sua casa, já que odeia fazer o uso das peças íntimas.

“Não entendo nem por que isso é uma questão tão polêmica. Se tá ou não tá de sutiã ou calcinha, o que muda? Para mim, isso não faz a menor diferença. Sutiã, por exemplo, esquece. Se abrir minha gaveta, vou ter uns dois nudes bem feios, bem podres, só caso eu esteja com uma roupa extremamente transparente. Senão, eu não uso em hipótese alguma”, afirmou.

Na sequência, ela ainda revelou não usar lingeries. “Em casa eu não uso nenhum tipo de lingerie. Na rua eu uso, claro, porque é uma questão de conforto. Mas, se algum dia eu quiser não usar, não vou usar. Isso para mim não faz a menor diferença. Quero deixar claro que não estou nem aí. Pra mim, zero polêmica”, falou.

Panicat

Juju iniciou a carreira no extinto Pânico, e na época dava o que falar no programa. Hoje quando reflete na época, percebe que era vítima de assédio sexual e moral na atração.

“Acho que abuso sexual, muitas mulheres passaram. Abuso psicológico eu arrisco a te falar que 100%. Pouquíssimas não passaram. Hoje eu reconheço. Classifico o que eu passei no Pânico como abuso total. Era assédio moral, por você estar ali sendo humilhada. Tem jeitos e jeito de brincar. Hoje as mulheres conquistaram um espaço maior e respeito. Hoje é inadmissível tratar uma mulher do jeito que eles tratavam. Era um assédio moral o tempo inteiro”, dissertou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›