Juliana Caetano dança forró e empolga fãs com atitude polêmica

Juliana Caetano empolgou os fãs ao compartilhar um vídeo dançando forró com seu shortinho jeans bem curtinho e uma atitude polêmica. Sempre disposta a interagir com os seguidores nas redes sociais, a musa publicou o vídeo rebolando após um rapaz questionar se ela gostava de dançar funk.

“Dança funk? Por favor me responda”, disse o internauta. “Só danço forró amor”, respondeu a cantora do Bonde do Forró ao publicar o vídeo ousado.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Além de mostrar seu talento para rebolar, Juliana foi perspicaz ao levantar uma parte do micro short e exibir o bumbum avantajado. Enquanto dançava, ela ainda deu alguns tapinhas na região íntima do corpo, levando seus fãs ao delírio.

Juliana Caetano conquistou elogios

Apesar do vídeo ter sido compartilhado no Instagram Stories de Juliana Bonde, onde geralmente some após 24 horas e não permite comentários, uma página de fãs repostou o conteúdo no Twitter, onde a musa foi cercada por elogios.

“Juliana Bonde, você é uma mulher muito especial. Parabéns pelo o seu sucesso que você esta conquistando. Com muitas lágrimas, mas a vida é sempre assim. A inveja perdura na vida dos famosos; beijos amor”, escreveu um rapaz. “Linda, adorei”, elogiou outro admirador. “Mulher sensacional, faça mais gestos assim, este tapa no bumbum foi de arrasar”, aprovou mais um.

Vítima de sequestro

Quem acompanha Juliana Caetano nas redes sociais, pode vivenciar o sofrimento da cantora após ela e sua família serem vítimas de um sequestro em casa, no interior de São Paulo. Na época, a cantora gravou um vídeo chorando e contou sobre o drama que viveu.

“Oi, eu demorei pra vir aqui falar, porque eu fui ameaçada de morte, eu e minha família. Só que agora eu acho que a única forma de eu poder resolver alguma coisa é pedindo ajuda e falando. Eu tô cansada, de ter que mudar de casa.”, iniciou Juliana Bonde.

“Depositaram muito dinheiro da minha conta e levaram todo o dinheiro que eu tinha em casa. Não sei que besteira e inocência minha, que eu deixava quase todo o dinheiro em casa em um cofre. Levaram tudo, meu notebook de trabalho, minhas câmeras, mas isso pra mim é o de menos. O que foi pior, foi o trauma e a tristeza do meu pai. Agora eu não sei o que ele vai fazer, se ele vai voltar, se ele vai continuar aqui… não sei.”, desabafou a artista.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›