Juliana Caetano faz comentário revelador sobre seu conteúdo

A cantora Juliana Caetano, do Bonde do Forró, voltou a responder aos questionamentos de seus fãs. Através dos stories do Instagram, ela respondeu a uma pergunta de uma fã que afirmou que seus conteúdos são apelativos. “Você não se acha vulgar demais? Por isso te odeiam“, disparou a fã.

“Sim, ainda mais agora depois do WhatsApp da Mansão, tem coisas que eu faço, que até eu me desconheço. Tá ruim, tá apelativo, tá demais, mas tem gente que gosta. Mas eu discordo disso, porque não é todo mundo. Tem gente que gosta de mim. Os meninos gostam de mim. As mulheres não gostam. Mas os meninos gostam, então não é todo mundo que não gosta. Tem que respeitar as vontades dos outros também”, disse a artista.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Veja o vídeo de Juliana Caetano nas redes sociais:

Para maiores

Recentemente, Juliana Caetano decidiu falar sobre um tema parecido ao citar seus conteúdos nas redes sociais. Na ocasião, a famosa, que tem fãs de várias idades, comentou que não é segredo que ela vende conteúdos mais ousados em algumas plataformas, mas reiterou que apenas maiores de idade podem assinar tais mídias.

Claro que tem vídeo meu! A maioria é tudo vídeo meu. Mas não pode de menor. Tá bom? Se você for de menor não pode entrar… Eu vou deixar o link, aí se você quiser fazer parte, o número vai chegar em seu e-mail”, afirmou.

Em outro ponto, ela disse que o WhatsApp das meninas não aceita pessoas menores de 18 anos. “É o seguinte, pra quem tá perguntando, a gente não vai aceitar de menor no nosso WhatsApp tá? Não pode de menor. E outra coisa, essa semana eu vou vir com mais uma novidade sobre a ‘Mansão’. Vão ser quatro meninas novas no nosso WhatsApp e no canal do YouTube, que é pra todo mundo”, encerrou.

Vítima

Recentemente, Juliana Bonde foi vítima de secreto e disse que três bandidos foram presos, mas o dinheiro não foi encontrado. “Incrivelmente nada. Pegaram três dos caras, estão presos, e não recuperaram nada, nem um anelzinho, nadinha. Tinha muita gente metendo o pau em mim de uma vez só. Eu ficava muito triste, chorando, mas hoje eu estou feliz, eu quero conversar“, afirmou.

Depositaram muito dinheiro da minha conta e levaram todo o dinheiro que eu tinha em casa. Não sei que besteira e inocência minha, que eu deixava quase todo o dinheiro em casa em um cofre. Levaram tudo, meu notebook de trabalho, minhas câmeras, mas isso pra mim é o de menos. O que foi pior, foi o trauma e a tristeza do meu pai. Agora eu não sei o que ele vai fazer, se ele vai voltar, se ele vai continuar aqui… não sei”, comentou antes.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›