Juliana Caetano usa peça branca no banheiro e fãs dão zoom

Juliana Caetano, a famosa vocalista do Bonde do Forró, retornou às redes sociais após sofrer um sequestro no mês passado. Para a alegria dos seguidores, a musa está aos poucos, voltando com seus conteúdos sensuais.

Em um vídeo recente, a beldade surgiu toda sexy usando uma calcinha branca bem fininha no banheiro. A publicação despertou a atenção dos internautas e causou alvoroço nos fãs que rapidamente apelaram para o recurso do zoom.

Na ocasião, Juliana Bonde sensualizou em frente ao espelho, deixando em destaque sua barriguinha sarada e os pernões. Além disso, ela estava usando um cropped estampado e provocou os admiradores ao colocar o dedinho na boca.

Fãs elogiaram e deram zoom

O vídeo sensual foi compartilhado no perfil das meninas da ‘Mansão Bonde’ e já soma mais de 30 mil visualizações. Além disso, não faltaram elogios e mensagens carinhosas para Juliana Caetano e seu corpaço.

“É muito bom ver que você está recuperada”, disse um rapaz. “Perfeita! Pura sedução”, comentou outro. “Que delícia, printei e dei zoom”, disparou mais um admirador. “Lindona demais, você é muito perfeita e gostosa”, elogiou outro internauta. “Sem dúvidas, um espetáculo de mulher”, escreveu outro.

Juliana Caetano sofreu ameaças

Após o sequestro que sofreu no fim de agosto, Juliana Caetano voltou às redes sociais para conversar com os fãs e falar sobre os momentos de terror que viveu. Questionada sobre o pior momento, ela contou que foi quando os criminosos pegaram seu celular e viram seus vídeos sensuais, insinuando algo terrível.

“O pior momento pra mim, foi a hora que eles pegaram meu celular e começaram a ver os vídeos. Não os que eu posto aqui, mas os vídeos da ‘Mansão Bonde’. Eles começaram a insinuar algumas coisas e ali meu pai também já ficou assustando, achando que ia acontecer algo terrível.”, desabafou ela.

A beldade contou ainda, sobre suas suspeitas de quem tenha armando o crime e levado seus bens materiais e também objetos de valor sentimental.

“A gente tem certeza que foi alguém muito próximo, alguém que frequentava a minha casa e eu espero muito que a gente encontre essa pessoa. Porque não é justo o que fizeram com a minha família, o que fizeram comigo. Sabe, o tempo todo eu penso: ‘com que direito a pessoa entra na casa da outra, pra levar tudo, ameaça, com arma, com que direito?’ Tem coisas que eles não vão usar pra nada, coisas que eu guardei da minha vó, e levaram… levaram tudo!”, disse Juliana.

MAIS LIDAS

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›