Juliana Paes revela medo da objetificação de seu corpo

Juliana Paes é famosa não apenas por seu talento para a atuação, mas também bela beleza e boa forma. Escolhida como a Mulher Mais Sexy do Mundo pela revista VIP em três ocasiões, ela fez um desabafo a respeito durante uma entrevista ao podcast PodDelas. A artista revelou que tinha medo da objetificação de seu corpo.

“Eu não posso mais concorrer porque já ganhei três vezes (risos). Quando chega pra você, já chega ‘Você foi eleita a mais sexy do mundo. Vamos fazer um ensaio?’. Claro que eu vou fazer um ensaio! Vou rejeitar esse presente? Mas a vida da mulher não é fácil nesse lugar. Eu ficava às vezes com medo da objetificação, mas isso é um regalo da vida, não se recusa“, explicou.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Em outro momento, ela relembra como seu nome foi escolhido. “Foi uma votação popular. Como eu digo ‘não’? Tinha um medinho por trás de ‘será que vou ficar sempre nessa prateleira? Mas dentro de mim sempre tive a coisa de acreditar no que eu podia ser como atriz. Acho que fui a pessoa que mais acreditou em mim”, disse a atriz.

Flagrada por paparazzi

Em outro momento da entrevista, Juliana Paes relembrou as várias vezes em que foi flagrada por paparazzi ao longo de sua carreira. Nesse ponto, ela comentou sobre o feminismo.

“Uma vez tiraram uma foto que apareceu a calcinha. Fiquei noites sem dormir achando o que aquilo poderia dizer sobre mim, o que iriam pensar. Será que não iriam me chamar mais para trabalhar? Será que eu ficaria fadada a ser a pessoa que mostrou a calcinha de propósito para chamar atenção?”, desabafou.

Em outro ponto, ela cita sua alegria por acompanhar esses momentos. “A gente tem heroínas maravilhosas que estão abrindo outro caminho, de sermos donas de nós mesmas, que uma coisa não significa a outra. Isso é um alívio, lindo de ver. A sensação é de gratidão por estar testemunhando esses acontecimentos”, disse.

Cenas cortadas

Por fim, Juliana Paes comentou sobre alguns cortes que a novela Pantanal sofreu. Apesar do sucesso de Maria Marruá, sua personagem, a primeira fase acabou mais cedo.

Originalmente, a gente tinha a participação de Maria Marruá em 20 episódios. Mas mesmo antes da estreia, Rogério Gomes achou que se demorasse muito a apresentar os novos personagens, o público ficaria tão apegado aos da primeira [fase] que demoraria a embalar. É um ajuste fino que precisa fazer, contar a história que precisa ser contada, mas não se demorar tanto de maneira que as pessoas fiquem tão apegadas à primeira fase que não mergulhem na segunda”, finalizou.

Veja a participação de Juliana Paes no PodDelas:

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›